Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/A Pedra Filosofal/Capítulo 14

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O Professor Quirrell parece ser mais forte do que o Trio esperava e Fofo permanece alerta e rosnando atrás da porta.

Faltando apenas dez semanas para os exames finais, Hermione começa a preparar tabelas de estudo e insiste para que Harry e Ron façam o mesmo. Eles estão estudando na biblioteca quando vêem Hagrid tirando um livro da seção dos dragões. Perguntado sobre Nicolas Flamel e a Pedra Filosofal, ele promete contar a eles sobre o assunto, mas, não na biblioteca; os alunos não devem saber nada a respeito. Na cabana de Hagrid eles descobrem que a Pedra está protegida por Fofo e também pelos encantamentos criados pelos Professores Sprout, Flitwick, McGonagall, Quirrell, Dumbledore, e...o Professor Snape. Isso é assustador claro, afinal é Snape quem quer roubar a Pedra.

Junto com essa confusão, Hagrid ganhou um ovo de dragão de alguém num bar em Hogsmeade. Ele pretende deixá-lo chocar, mesmo sendo ilegal possuir um, e mesmo morando numa cabana de madeira – decididamente um lugar muito perigoso para criar uma criatura que cospe fogo. No tempo certo, o ovo começa a quebrar, e Hagrid convida Harry, Ron e Hermione para ver o dragãozinho nascer. Do ovo surge um bebê dragão a quem Hagrid dá o nome de Norbert. Infelizmente, Draco Malfoy, que está espiando pela janela de Hagrid, também vê o dragão. Agora, eles têm que esconder o bebê antes que Malfoy conte ao Professor Dumbledore. Harry de repente tem uma boa idéia, o irmão de Ron, Charlie trabalha com dragões na Romênia. Talvez ele possa encontrar um casa para Norbert. Embora Hagrid fique infeliz com isso, ele finalmente concorda com o plano, assim como Charlie, que combina com seus amigos de buscar Norbert.

Enquanto ajudava Hagrid com Norbert, Ron leva uma dentada e vai parar na enfermaria. Draco, visita Ron com a desculpa de confortá-lo e leva um livro emprestado, onde estava a resposta de Charlie. Ron só lembra disso mais tarde! Draco está esperando quando Harry e Hermione carregam a caixa com Norbert até a Torre de Astronomia, onde os amigos de Charlie esperam para buscá-lo. Escondidos sob a Capa da Invisibilidade, Harry e Hermione observam a Professora McGonagall pegar Draco, dar-lhe uma detenção e penalizar a Casa dele com vinte pontos. Harry e Hermione ainda salvos sob a Capa chegam à Torre e entregam Norbert.

Quando voltam ao dormitório, Filch os apanha – naquela agitação, eles esqueceram a Capa na Torre!


Análise[editar | editar código-fonte]

À primeira vista, esse capitulo parece ter pouco a acrescentar ao livro – Norbert é apresentado e mandado embora em apenas um capitulo e não mais aparece na série, exceto quando Hagrid de vez em quando tem saudade, e tem uma menção passageira a ele no sétimo livro capitulo 5. No entanto, o capitulo serve para introduzir os dragões, e nos dar alguma informação sobre eles. Enquanto Norbert não será mais visto, outros dragões vão aparecer no livro O Cálice de Fogo e As Relíquias da Morte. E ainda que Norbert pareça (para Hagrid) uma gracinha, um filhote fofinho, um dragão adulto cuspindo fogo como será visto nos próximos livros, são criaturas ferozes e mortais.

De modo geral, o propósito desse capítulo é preparatório. Primeiro, parcialmente, dá ênfase ao fato de que a proteção da Pedra Filosofal se tornou mais urgente. O Trio acredita piamente, e com razão, que o Professor Snape está procurando por ela. Sabendo que Snape é um dos guardiães envolvidos nos feitiços de proteção, com certeza ele sabe o bastante sobre esses feitiços para conseguir passar por eles.

Outro motivo do capitulo é preparar a cena da Floresta Proibida no próximo capitulo. Sem detenção, não haveria razão para Harry ir à Floresta e não haveria como ele testemunhar os eventos que ocorrem ali.

Mais um motivo, preparar a cena final do livro. Como ainda não chegamos lá, não será discutida aqui, exceto para dizer que a vitória é mais doce quando vem depois de uma derrota e principalmente quando reverte essa derrota.

Finalmente, esse capitulo mostra mais um pouco de Draco Malfoy e também de Hagrid. Draco descobriu uma vantagem sobre Hagrid e o Trio, sabendo que Hagrid está envolvido em algo ilegal e está sendo ajudado pelo Trio. Ao invés de reportar o fato aos professores, ele fica quieto, usando essa informação para atormentar Ron na enfermaria, e explorando a situação para levar vantagem. Isso é um comportamento clássico dos Slytherins, dissimulado e ambicioso, embora nesse caso, as ações de Malfoy tenham se voltado contra ele e ele tenha ganhado uma detenção.

Hagrid, está surgindo como um personagem essencial, cada vez mais importante para Harry e para a história. Hagrid é a única pessoa entre os professores de Hogwarts que é visto por Harry como sua família. Embora Harry se torne cada vez mais próximo de Dumbledore no decorrer da série, eles vão manter sempre um relacionamento mentor/aluno, enquanto Harry e Hagrid desenvolvem uma ligação realmente familiar.

Hagrid é descrito como gentil, embora um gigante tosco, que é infalivelmente leal a Dumbledore e a Hogwarts; ele também é um homem infantil e ingênuo, que não tem maturidade e nem consegue pensar de maneira mais sofisticada. Embora ele seja protetor de Harry, sua maneira simplista de ver as coisas, em geral o impedem de analisar corretamente as situações ou de prever as conseqüências perigosas ou sombrias relacionadas a elas. Isso, ocasionalmente resulta em maus conselhos que ele dá a Harry. Como muita gente no mundo mágico, Hagrid fica cego à aproximação do mal, e ele falha ao não imaginar que forças malignas estão sendo desencadeadas em Hogwarts. Do seu ponto de vista, Hogwarts é impenetrável, todos os professores são completamente do bem, e o poder de Dumbledore é ilimitado. Também observamos o profundo amor de Hagrid por todos os animais, selvagens ou domésticos, enormes ou pequeninos. Sua crença de que todas as criaturas podem ser domesticadas, se tratadas com carinho, em geral não o deixa perceber a natureza imprevisível e até mesmo letal de algumas delas, como vimos com Fofo, o feroz cachorro de três cabeças, e agora com Norbert, um bebê dragão. Hagrid não consegue imaginar como ele poderia criar secretamente uma criatura ilegal, um animal que cospe fogo e certamente iria fazer da cabana uma tocha, além de crescer e ficar imenso, isso não passa pela cabeça de Hagrid quando ele choca o ovo.

Ao invés disso, ele foca apenas no momento, em ter conseguido uma coisa que sempre quis. Sua falta de habilidade em prever que uma criatura pequena, vulnerável e órfã cresceria e se tornaria uma besta incontrolável e feroz se torna uma metáfora de como Voldemort, também um órfão, conseguiu crescer e se tornar poderoso.


Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Como Hagrid conseguiu um ovo de dragão? Tem algo de suspeito ou alguma coincidência relacionada com a forma como ele obteve o ovo?
  2. Por que alguém gostaria que Hagrid tivesse um dragão?
  3. Por que Draco estava espionando Hagrid e o Trio? O que ele vê?
  4. Como Draco podia saber quando Harry e Hermione iam levar Norbert para a Torre?


Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. De que maneira os amigos de Charlie voaram até a escola para pegar Norbert, se existem inúmeros encantamentos protegendo a escola?
  2. Por que Draco não avisou o que ele viu na cabana de Hagrid?
  3. Por que Hagrid concordou em contar ao Trio sobre

Nicolas Flamel?

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Como foi mencionado na Análise, esse capitulo é também importante para preparar a parte final do livro. Harry tendo perdido um grande número de pontos para sua Casa, Gryffindor, como vamos ver no início do próximo capitulo, como vai ser bom que ele também seja o instrumento para ganhar esses pontos de volta e mais alguns.

Veremos, é claro, mais tarde, que Snape está na verdade tentando proteger a Pedra... mas mesmo para aqueles que sabem do segredo, isso é pouco, porque Quirrell também é um dos responsáveis por proteger a entrada.

Descobrimos, aqui, que Fofo é uma das barreiras para impedir a entrada, e é da responsabilidade de Hagrid. Isso talvez seja um pouco prematuro, porque Hagrid não é ainda o Professor do Trato das Criaturas Mágicas, e portanto seria mais apropriado que o Professor Kettleburn, tivesse conseguido Fofo. No entanto, Hagrid é o Guardião das Chaves e dos Terrenos de Hogwarts e portanto é necessariamente ligado à Floresta Proibida e suas criaturas.

Norbert é mencionado de passagem no sétimo livro da série. Hagrid e Charlie se encontram na casa dos Weasleys, e Hagrid pergunta por Norbert. Charlie diz que estão chamando o dragão de Norberta, porque descobriram que é uma fêmea porque as fêmeas são mais ferozes.

Nesse capitulo vamos ver novamente Harry quebrando as regras quando acha que há uma boa razão para isso. Sua habilidade de pensar de forma independente será muito útil futuramente, conforme os desafios vão ficando mais assustadores.

Conexões[editar | editar código-fonte]

  • A única conexão que vemos nesse capítulo é muito pequena, o fato de Norbert ser mencionado em As Relíquias da Morte capitulo 5.
  • Com relação a Fofo, Hagrid afirma anteriormente que o comprou de um grego. Ora, na mitologia grega, havia um cão de três cabeças, seu nome era Cérbero e ele guardava as portas do inferno. O herói grego chamado Orfeu, procurava sua amada no inferno e o jeito que ele deu para passar pelo cão, foi tocando sua harpa. Então deduzimos que o único jeito de passar por Fofo será tocando uma música. Reparem nos próximos capítulos que existe uma harpa jogada aos pés de Fofo.