Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/A Ordem da Fênix/Capítulo 33

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Capítulo 33
Luta e Fuga[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.


Sinopse[editar | editar código-fonte]

Hermione lidera Umbridge e Harry, que está tentando parecer que sabe onde estão indo, dentro da Floresta Proibida. Quando se aproximam da clareira, uma flecha assobia pelo ar, acertando uma árvore. Mais ou menos uns cinquenta centauros aparecem em volta deles, exigindo saber porque os humanos estão em sua floresta. Os tratando como inferiores mestiços, uma arrogante Umbridge começa um palavrório insultuoso, enfurecendo os centauros. Quando ela lança um feitiço (Incarcerous) para amarrar Magorian, os centauros atacam. Bane segura Umbridge. Ela solta a varinha, mas antes que Harry a alcance, outro centauro pisa em cima e a quebra. Outros centauros seguram seguram Harry e Hermione no ar. Bane carrega Umbridge, que grita histérica, para dentro da floresta. Hermione tenta explicar a situação para os outros centauros, esperando ganhar sua simpatia, mas eles ficam apenas mais aborrecidos por serem envolvidos em assuntos humanos, e se preparam para levá-la embora junto com Harry. Embora ela proteste dizendo que são “filhotes” e Ronan os lembre de que eles não atacam jovens humanos, os centauros consideram Harry e Hermione tão diabólicos quanto os humanos adultos. Quando eles decididos a carregar os dois, Grope aparece entre as árvores. Reconhecendo “Hermy”, ele grita por “Hagger”. Os centauros em pânico lançam flechas sobre ele. Furioso o gigante grita de dor, e parte cegamente para cima dos centauros, Harry e Hermione fogem no meio da confusão.


Ron, Ginny, Luna e Neville escapam do Esquadrão Inquisitorial e encontram Harry e Hermione; eles trouxeram as varinhas dos dois amigos. Harry quer ir ao Ministério em Londres encontrar Sirius. Todos desejam ir com ele, mas Harry achando que Ron é o único capaz, sugere que os outros o sigam depois. Todos os outros quatro insistem em acompanhá-lo, mas como chegar a Londres? Com todas as vassouras da escola trancadas, Harry não tem idéia como viajar. Luna sugere voar nos Thestrals, que, sentindo o cheiro do sangue de Grope na roupa de Harry e Hermione, chegaram até o grupo.


Análise[editar | editar código-fonte]

De todos os membros da AD, Luna, Neville e Ginny são os últimos que Harry ou Ron escolheriam para irem com eles a Londres, achando que eles são os menos qualificados. Eles estão também relutantes em incluir Hermione, talvez pensando numa estranha forma de cavalaria, e tentam convencê-los a ficar para trás ou ir depois. Mas Harry pode estar subestimando ou julgando mal as habilidades de seus amigos, em geral valorizando os alunos mais populares e que parecem mais capazes, sobre aqueles que são leais, determinados e confiáveis. São Hermione, Ginny, Neville e Luna que respondem primeiro aos chamados de socorro de Harry, e eles mostram imensa bravura arriscando suas vidas para ajudar Harry a encarar Voldemort, um fato que Harry não aprecia inteiramente.

Embora Hermione rapidamente tenha arranjado um plano esperto para salvar Harry da maldição Crucio da Umbridge, ela quase consegue que eles sejam capturados como resultado. A raiva dos centauros de cooperar com humanos em geral exclui crianças ou “filhotes” como eles os chamam. Hermione conta com isso quando leva Umbridge para dentro da floresta, sabendo que os centauros não gostam de intromissão, e que Umbridge provavelmente iria enfurecê-los. Umbridge, como esperado, arrogantemente confronta os centauros, acreditando que sua autoridade apoiada pelo Ministério iria intimidar uma criatura “sub-humana” a sair do seu caminho. Embora os centauros tenham carregado Umbridge para dentro da floresta, o plano de Hermione dá errado porque ela subestimou a reação deles, e se enganou acreditando que, se explicasse o problema deles, os centauros seriam compreensivos. O bando ainda irritado por causa da “traição” de Firenze de servir à Dumbledore, apenas ficou mais furioso porque Hermione usou um truque para envolvê-los nos problemas humanos. Harry e Hermione não são mais considerados “inocentes”, e um centauro argumenta que Harry já é um rapaz. Se não fosse a intervenção pontual de Grope, provavelmente eles não escapariam inteiros da ira dos centauros.

Aqui vemos também, um exemplo da natureza prática de Luna e sua capacidade de ignorar as reações alheias, acompanhadas por uma inteligencia surpreendente, além da sua consciência do que a rodeia, tudo muito interessante devido à sua aparência comum, sonhadora. É Luna que faz a ligação entre a menção de Hagrid de que os Thestrals são excelentes voadores, com o fato de que são atraidos por carne crua e sangue. Ignorando as gracinhas de Ron por causa dos Crumple-Horned Snorkacks, ela segue seu instinto, apontando os Thestrals que se aproximam para Harry e Neville, porque sabe que eles podem vê-los.


Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Hermione leva Harry e Umbridge para a Floresta Proibida e quem eles encontram?
  2. O que acontece com Umbridge na Floresta Proibida? Por que?
  3. Quem quer atacar Harry e Hermione na Floresta Proibida e por que? Quem faz eles pararem?
  4. Quem é atraído pelo sangue nas roupas de Harry e Hermione?
  5. Como Luna sugere que eles podem chegar a Londres? Como os outros reagem a isso?
  6. Ron, Ginny, Luna, Neville e Hermione insistem em ir com Harry até o Ministério da Magia para ajudar a salvar Sirius. Por que Harry quer que apenas Ron o acompanhe?


Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.


Até esse ponto, eram apenas Harry, Ron e Hermione, o Trio, os personagens centrais da série. Harry com a ajuda de Dumbledore, se dirigindo para o seu aparente destino, que é encarar e derrotar Voldemort, e Ron e Hermione caminhando junto com ele. Agora nós temos um novo grupo de assistentes, Neville, Luna e Ginny. Como foi mencionado, Harry não quer que todos vão com ele, talvez achando que não são tão competentes quanto ele, Ron e Hermione. As circunstância vão provar que ele estava errado, não apenas nesse livro, mas nos dois livros finais da série. Quando Harry chama a AD no sexto livro, para defender a escola na ausência de Dumbledore, apenas esses três responderão, e Neville será o coração da resistência contra o domínio de Voldemort em Hogwarts, enquanto Ginny e Luna terão papéis cruciais no último livro.

Podemos ver o início da civilização acontecendo com Grope, de modo surpreendente. Grope está procurando por Hagrid, e reconhece Hermione, pelo menos parece, embora Hagrid tenha deixado de fazer apenas uma visita. Grope já está sentindo sua ausência. O progresso de Grope acontecerá fora da parte principal durante o resto da série, mas ele será civilizado o bastante no funeral de Dumbledore no final do próximo livro.

É interessante notar a reação dos centauros com relação à Grope. A despeito de sua tão louvada lógica e superioridade mental, os centauros reagem à Grope de forma singularmente emocional, o bombardeando com flechas quando ele não os ameaçou diretamente. No último livro, quando Hagrid está carregando o aparentemente morto Harry, para fora da Floresta, ele é capaz de envergonhar os centauros, para entrarem na batalha ao lado dos humanos. Isso nos leva a reconhecer que os centauros são muito mais emotivos do que gostariam de admitir. Isso também é uma indicação que, embora acreditem na superioridade mental deles sobre os humanos, eles partilham os traços humanos de preconceito e intolerância.


Conexões[editar | editar código-fonte]

  • A tendência isolacionista dos centauros, vista a primeira vez no livro um, está clara aqui, e voltará a ser vista no livro final.