Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/A Ordem da Fênix/Capítulo 20

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Capítulo 20
A História de Hagrid[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Harry pega sua Capa da Invisibilidade, o Mapa do Maroto e cobrindo a si mesmo, a Ron e Hermione lidera o grupo rumo à cabana de Hagrid. Ele os recebe na porta, mas sua aparência maltratada deixa os colegas chocados. Hermione adivinha, corretamente, que ele visitou os gigantes. Hagrid se nega a contar suas aventuras. Harry por sua vez, menciona que encontrou dementadores na rua dos Alfeneiros, e se recusa a contar o resto até ouvir a história de Hagrid.

Hagrid conta que ele e Madame Maxime estiveram numa missão secreta para Dumbledore, para recrutar os gigantes contra Voldemort. As negociações pararam quando o chefe dos gigantes foi derrubado. O novo chefe era bem menos receptivo, e Hagrid e Madame Maxime tiveram que usar magia para escapar. Eles também tiveram que evitar Macnair e outros Comensais da Morte que também estavam recrutando os gigantes para Voldemort.

Quando perguntado sobre sua mãe, Hagrid responde que ela morreu faz tempo. Antes que ele possa explicar quem o machucou daquele jeito e porque ele levou tanto tempo para voltar, uma vez que sua missão falhou, eles escutam uma batida alta na porta; Harry, Hermione e Ron mergulham debaixo da Capa e a Professora Umbridge entra pela cabana de Hagrid adentro. Umbridge fala alto e devagar. Ela percebeu 3 pares de pegadas indo para a cabana e nenhum saindo, confundindo Hagrid. Umbridge parece não acreditar quando Hagrid diz que estava fora cuidando da saúde, já que estava bem machucado. Umbridge olha em volta, aparentemente procurando alunos escondidos, e passa a milímetros do Trio debaixo da Capa. Ela avisa a Hagrid que vai inspecionar sua aula, uma vez que o Ministério está determinado a dispensar professores que não estejam de acordo, e então sai.

Assim que Hagrid confirma que Umbridge voltou ao castelo, Harry tira a Capa. Hermione pergunta preocupada, o que Hagrid planeja ensinar. Hagrid apenas diz que será coisa boa. Hermione avisa a ele que a Professora Trelawney está sob condicional, e ela recomenda que Hagrid siga os procedimentos chatos do Ministério. Hagrid apenas diz que ela não se preocupe, diz que está cansado e que eles precisam voltar ao castelo.

Assim que o Trio sai sob a Capa, Hermione faz um feitiço de remoção para esconder suas pegadas. Ron diz que acha que os avisos de Hermione não atingiram Hagrid. Hermione jura que fará de tudo para evitar que Umbridge despeça Hagrid.


Análise[editar | editar código-fonte]

Embora Hagrid e Madame Maxime tenham falhado em alistar os gigantes como aliados, a importância de sua missão não deve ser desmerecida. Dumbledore sabe que Voldemort está recrutando ativamente muitas criaturas magicas não humanas perigosas, especificamente os gigantes e dementadores. Voldemort também se aproximou dos lobisomens, centauros e outros que, historicamente foram reprimidos, colocados à parte e até mesmo escravizados pelo mundo mágico. Podemos acreditar, com certeza, que o orgulho dos centauros e seu desprezo por todas as coisas humanas, vai garantir sua neutralidade. Com relação aos lobisomens, dementadores e gigantes, no entanto, não há essa certeza. Por mais maligno e violento que possa vir a ser o reinado de Voldemort, ele pode oferecer para essas criaturas mais vantagens e liberdade do que o que eles têm sob a atual ordem social. Se Voldemort conseguir que esses fora da lei se juntem a ele, pode ser que a guerra vire a seu favor. Independente de ele realmente honrar as promesas que possa ter feito para convencê-los a ficar a seu lado.

Também parece que a missão de Hagrid e Madame Maxime terminou já há algum tempo. A demora no retorno de Hagrid e seus ferimentos podem ter um motivo diferente da missão, embora Hagrid permaneça calado a respeito do que possa ter sido.

O tratamento desdenhoso de Umbridge para com Hagrid, indica que ela o considera totalmente inferior e com pouca inteligencia, e isso reflete um profundo preconceito com relação a todas as raças parcialmente humanas ou não humanas. Podemos ver esse mesmo tipo de tratamento para com criaturas não humanas, em muitos outros bruxos que acreditam na superioridade do sangue puro. Embora não saibamos se Umbridge acredita na teoria da pureza do sangue, sua óbvia predileção pela Casa Slytherin nos sugere que ela acredita. Também podemos ver isso em como Sirius trata Monstro, embora possa ser um comportamento aprendido na infância, ou uma reação ao fato de Monstro idolatrar a mãe de Sirius. Não podemos saber se esse preconceito era algo que a autora, especificamente adicionou aos personagens de sangue puro, ou se isso era consistente com o modo que ela via o mundo com os olhos dos sangue puro, mas isso merece um maior exame para ver o quanto ela manteve essa caracteristica consistente em Voldemort e seus seguidores.

No entanto, Hermione sabendo que Umbridge está marcando os professores mais fracos, particularmente (dado os comentários entreouvidos) os não humanos, avisa Hagrid. Infelizmente, Hagrid parece não dar importância e não leva a sério os avisos de Hermione, por que não sabemos dizer. Hagrid, cuja ausencia o isolou do que já vinha ocorrendo na escola, pode simplesmente ter acreditado que Dumbledore o protegeria. E ainda que tenha sido sugerido, que Hagrid possa ter percebido que ele tem pouca defesa contra a possibilidade de Umbridge o despedir, sua reação parece mais complacente do que resignada; ele simplesmente não percebe que Umbridge é uma ameaça significativa, apesar do conselho de Hermione. Isso combina muito bem com o caráter de Hagrid, assim como ele considerava dragões e explosivins inofensivos.

Umbridge também parece suspeitar de algo com relação à missão de Hagrid durante sua ausência e pode talvez saber algo, se eles foram vistos quando estavam fora. Pode ser que agentes do Ministério tenham reportado sua presença. Sabemos que os Comensais da Morte estavam falando com os gigantes, mas não se sabe se o Ministério teria informações da turma de Voldemort.

Reparamos que embora tenha prometido contar a Hagrid sobre suas aventuras de verão, Harry sai antes que tenha tempo de descrever o que aconteceu. Claro que uma recapitulação da história que já conhecemos, seria um tédio, e talvez por isso, a autora a evitou. A técnica que ela usa para evitar que o leitor repare a ausência da história merece ser examinada com atenção.


Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Qual era a missão secreta de Hagrid? Quem o enviou e por que era tão importante?
  2. Por que Madam Maxime também foi enviada nessa missão?
  3. Qual foi o resultado da missão secreta de Hagrid e Madam Maxime? Por que?
  4. Por que Umbridge estava tão interessada no paradeiro de Hagrid? Ela pergunta se Hagrid estava tirando férias nas montanhas – será que ela sabe algo sobre a missão e onde ele foi?
  5. Se Umbridge sabe onde Hagrid pode ter ido, como ela descobriu?
  6. Por que Umbridge fala com Hagrid de uma maneira deliberadamente lenta e alta?
  7. Sobre o que Hermione avisa Hagrid e por que?


Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Se Hagrid e Madam Maxime estavam numa missão juntos, por que Hagrid retornou bem mais tarde do que ela?
  2. O que pode ter causado a aparência detonada de Hagrid?Por que ele não quer dizer como se feriu?
  3. Por que Umbridge suspeita que Hagrid e Madame Maxime estavam numa missão secreta?
  4. O que poderia motivar criaturas mágicas como lobisomens, goblins, centauros e outros a apoiar Voldemort?
  5. O que significa a definição de Umbridge de “professores não satisfatórios” ?
  6. Por que Hagrid não dá atenção ao aviso sério de Hermione, e o que isso diz sobre seu personagem em geral?


Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.


É mencionado acima que Umbridge criticando Hagrid, sugere um profundo desdém por raças meio humanas e não humanas, e Hermione acredita que esse é o caso do super esforço que ela está fazendo para obrigar Hagrid a ensinar o curriculo aprovado pelo Ministério. Embora isso permaneça sem confirmação até praticamente o fim desse livro, é sugerido que Umbridge tem um preconceito geral contra “mestiços”, pelos comentários que ela faz enquanto “examina” a aula de Hagrid. A raiva daqueles que ela chama “mestiços” vai, mais tarde se estender para os centauros, uma raça orgulhosa, uma raça pura, embora seu rude desdém virá a ter sérias consequencias.

Embora tenha voltado aparentemente para seu terreno seguro, Hagrid continuará a mostrar vários novos ferimentos, durante o ano todo. Bem mais tarde vamos saber o que está causando as novas feridas : Hagrid localizou seu meio irmão, vivendo entre os gigantes, e o trouxe para casa. A intransigencia de Grawp, que continua por todo verão, atrasou o retorno de Hagrid, e agora o resultado são os ferimentos que Hagrid sofre, repetidamente. Hagrid, observando que Grawp é toda família que lhe resta, está tentando civilizá-lo. Acontecerão diversos incidentes onde Hagrid aludes à “família”, significando Grawp, mas o ano terá passado bastante até que o encontremos.

Hagrid está escondendo Grawp na Floresta Proibida, onde ele tenta adaptái-lo à sociedade. Esse, que seria normalmente um lugar seguro para esconder, vai resultar nos centauros se aborrecendo com Hagrid, e eventualmente, Hagrid ser barrado da Floresta. Um centauro (Firenze), vai falar desse problema em particular, numa conversa com Harry, mas quando receber a mensagem, Hagrid a descarta.

De passagem, pode ser interessante notar que enquanto os centauros se recusam a apoiar Voldemort, eles também não ajudam seus oponentes, ao invés, permanecendo neutros, até que no capitulo final do último livro, eles são chamados à luta por Hagrid. Os lobisomens liderados por Fenrir Greyback se juntam à Voldemort, assim como os dementadores e pelo menos dois gigantes, embora Grawp permaneça leal a Hagrid.


Conexões[editar | editar código-fonte]

  • Voldemort vai provar ter sido bem sucedido na sua tentativa de trazer os gigantes para seu lado. Vamos saber que, no livro 6, o Furacão no oeste do país foi na verdade um ataque dos gigantes sobre os Trouxas; e no último livro veremos dois gigantes atacando Hogwarts.
  • As tentativas de Hagrid de civilizar Grawp vão gradualmente funcionar, a ponto que ele será capaz de sentar quieto numa cadeira no funeral de Dumbledore. Também veremos Grawp defendendo Hogwarts, no último livro.