Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/A Ordem da Fênix/Capítulo 19

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Capítulo 19
O Leão e a Serpente[editar | editar código-fonte]

spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.


Sinopse[editar | editar código-fonte]

Harry está contente com o progresso da AD, e seu maior prazer é estar zombando dos regulamentos da Umbridge. Com vários treinos de Quadribol, estava difícil ter uma noite certa para a reunião da AD, mas Hermione achou a solução: ela deu a todos galeões falsos, que transmitem mensagens. Harry pode usá-los para chamá-los para o próximo encontro. Terry Boot fica impressionado, dizendo que isso era o Feitiço de Proteu, e isso é magia de nível N.I.E.M.

Com o primeiro jogo de Quadribol se aproximando, Ron está a beira de um ataque de nervos. O oponente é a Slytherin, e os alunos estão usando um distintivo prateado onde se lê, “Weasley é nosso Rei”. Era um esforço cruel para minar a confiança de Ron, significando que ele iria ganhar o jogo para a Slytherin com suas habilidades precárias de goleiro. Durante o jogo, os alunos da Slytherin cantavam, “Weasley é nosso Rei” para mantê-lo nervoso. Isso aparentemente estava funcionando, e Ron estava jogando mal, perdendo diversos lances, mas Harry pega o Pomo, ganhando o jogo para a Gryffindor. Quando o jogo acabou, Harry, ainda zangado porque Crabbe o atingiu com um balaço depois do apito final e George pulou em cima de Malfoy e seus parceiros por estarem zombando de Ron. McGonagall os manda para seu escritório e dá uma semana de detenção para cada um.

Umbridge entra no escritório com outro Decreto na mão, declarando que agora, é a única autoridade sobre a disciplina dos alunos. Acima dos protestos de McGonagall, ela bane de forma permanente, Harry e George do Quadribol. Ela bane também Fred, embora ele não estivesse envolvido no incidente. Umbridge também confisca suas vassouras.

Na Sala Comunal, Angelina se lamuriava, sem batedores e sem apanhador, como vou fazer, e então vai para cama. Somente Harry, Hermione e Ginny ficaram, quando Ron chega ainda usando suas roupas de Quadribol. Ele ameaça sair do time, dizendo que nunca deveria ter pensado que poderia ser goleiro. Quando ele ouve sobre Umbridge ter banidos os rapazes para sempre, Ron diz que era pior do que ele estava passando, e Harry concorda. Hermione olhando pela janela, diz algo que os anima: Hagrid voltou.


Análise[editar | editar código-fonte]

Assim que o animo de Harry estava melhorando, Umbridge acaba com ele outra vez. Ela se torna mais ditatorial a cada dia, e parece que ela aprova novos decretos apenas para aumentar seu poder. Ela obviamente favorece os Slytherins. Embora Crabbe estivesse envolvido na briga, ele apenas teve que escrever linhas como punição, enquanto Harry, Fred e George foram banidos para sempre do Quadribol. O fato de Fred estar incluido, embora não estivesse envolvido no incidente, mostra o quanto Umbridge é má e tendenciosa. Harry já havia perguntado a Sirius se ele achava que Umbridge fazia parte dos Comensais da Morte. Sirius não acreditava nisso, ao invés, para ele, as ações dela indicavam um vicio crescente e abuso do poder.

Umbridge implementando a agenda do Ministério, junto com Fudge e outros funcionários do Ministério, continuam uma campanha pública contra Harry e Dumbledore, numa tentativa de refutar suas afirmações sobre a volta de Voldemort. Mentes estreitas e paranóicas, eles ainda suspeitam, de acordo com Sirius, que Dumbledore está recrutando os alunos de Hogwarts para formar um exército secreto de bruxos, para tomar o Ministério. Umbridge foi, como acreditamos, colocada em Hogwarts apenas como espiã de Fudge e para se intrometer nas suas operações; nada nos faz mudar de idéia, e ela utiliza por completo sua autoridade cada vez maior, e o apoio do Ministério para evitar que Harry ou Dumbledore possam se tornar uma ameaça maior.

Banir Harry do Quadribol parece proposital para desmoralizá-lo e para desacreditá-lo publicamente. Não se sabe porque também banir Fred, embora ela tenha “explicado”; a razão obvia parece ser despeito , em retaliação pelo apoio a Harry e “porque eu posso.”


Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Crabbe recebe um castigo leve pela mesma ofensa que Harry e os gêmeos?
  2. Por que estão chamando Ron de “Rei” e isso é um insulto e que efeito isso tem em Ron? Quem está fazendo isso?
  3. Por que Umbridge bane ambos os gêmeos do Quadribol, quando apenas um deles estava envolvido no incidente com Malfoy?
  4. Por que Umbridge confiscou as vassouras dos alunos?


Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Umbridge favorece os alunos da Slytherin?
  2. Por que McGonagall está furiosa com Umbridge? O que isso indica?


Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.


Umbridge logo vai demonstrar seu ódio irracional por aqueles a quem ela chama de “mestiços”: criaturas mágicas que são meio humanas (como Hagrid) ou possuem características humanas. Vamos ver isso no modo com que ela trata Hagrid e mais tarde na sua reação aos Centauros, na Floresta Proibida. Isso sugere, na verdade, que ela vai criar mais dificuldades para Harry. Sem a sua vassoura e banido do Quadribol, a única diversão de Harry é ensinar ao pessoal da AD, e seus amigos especialmente Hagrid. A volta de Hagrid foi animadora, mas com Umbridge ameaçando mandá-lo embora, outro motivo de prazer e segurança na vida de Harry está ameaçado.

Os galeões que Hermione entrega nesse capítulo vão reaparecer em outro contexto, no último livro. Aqui, há um certo problema; não se sabe o suficiente sobre sobre o Feitiço de Proteu para compreender como ele funciona. Possivelmente, todos os galeões vão repetir o que for feito naquele que está com Harry, e somos levados a acreditar que tudo o que eles podem fazer é mudar a data, para indicar o dia do próximo encontro. No entanto, no livro final, Neville vai usá-los para convocar os membros da AD que não estão mais em Hogwarts. Não foi explicado como Neville tomou controle dos galeões, que era de Harry, ou como ele consegue fazê-los dizer algo além do dia e da hora. Ron, sem nenhuma confiança nas suas habilidades de goleiro, será um problema recorrente nesse livro e no próximo. Finalmente ele se acerta a tempo para a partida final do ano, que será ganha assim como a Taça graças a seus esforços.


Conexões[editar | editar código-fonte]

  • Os galeões que Hermione entrega nesse capítulo serão usados no último livro: Neville vai usá-los para convocar os membros graduados da AD para ajudar na defesa de Hogwarts.