Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/A Câmara Secreta/Capítulo 8

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O mês de outubro é marcado pela chuvaradas constantes; as águas do lago subiram; os canteiros se tornaram poças de lama, e as abóboras de Hagrid cresceram tanto que ficaram do tamanho do barracão. Oliver Wood, no entanto, não vê razão para não treinar Quadribol. Portanto, não é surpresa ver Harry chegar na Torre da Gryffindor ensopado e enlameado depois do treino. No caminho, ele encontra Nick Quase Sem Cabeça e eles comentam seus respectivos problemas: Nick está chateado porque sua solicitação foi recusada novamente para entrar na Caça sem Cabeça; sendo apenas “Quase Sem”, ele não se qualifica. Harry, enquanto isso está preocupado como o próximo jogo contra o time da Slytherin, montado em suas novas vassouras Nimbus 2001. Mrs. Norris, a gata de Filch aparece de repente, e Nick avisa a Harry que Filch está mal humorado. A chegada repentina de Filch através da tapeçaria impede que Harry escape. Irritado com a água e a lama que pingam do uniforme de Quadribol de Harry, Filch ordena que o garoto se dirija ao seu escritório, onde ele preenche um papel recomendando um castigo por “sujar o castelo”. Um barulhão o interrompe, e Filch parte atrás de Pirraça, desejando que ele tenha feito algo imperdoável, de modo que será banido de Hogwarts, para sempre. Durante a ausência de Filch, Harry percebe um envelope sobre a mesa de um curso por correspondência para estudar magia em casa, chamado "Kwikspell," (algo como FeiticExpress). Quando Filch retorna, ele vê que o envelope foi mexido e envergonhado, deixa Harry ir embora.

Ao sair do escritório de Filch, Harry encontra Nick Quase Sem Cabeça outra vez. Nick conseguiu que Pirraça derrubasse um armário preto e dourado (armários sumidouros) para distrair Filch. Nick convida Harry para seu aniversário de morte, quando vai celebrar o aniversário de quinhentos anos de sua morte, que ocorreu em 31 de outubro de 1492. Ele também convida Ron e Hermione, que ficam felizes por comparecer.

No Dia das Bruxas, o Trio desce para as Masmorras e são recebidos por Nick e um bando de fantasmas, incluindo a Murta Que Geme e Pirraça. A festa é um tanto desconfortável para os vivos, e quando Pirraça insulta a Murta Que Geme, fazendo com que ela vá embora soluçando, Harry, Ron e Hermione decidem que está na hora de ir embora. Quando saem das masmorras, Harry ouve a mesma voz que tinha ouvido no escritório de Lockhart. Ele segue a voz com Ron e Hermione correndo atrás, através do Saguão até o primeiro andar. Derrapando no aguaceiro que cobre o chão, ele vê escrito na parede:

"A Câmara Secreta foi Aberta!
Inimigos do Herdeiro, Cuidado."

Mrs. Norris estava pendurada num suporte de tocha, aparentemente morta. Antes do Trio reagir, os alunos que saiam da Festa do Dia das Bruxas já estavam em volta deles. A voz de Malfoy foi ouvida em meio ao silêncio: “Inimigos do Herdeiro, cuidado!” Vocês serão os próximos, Sangues Ruins!

Análise[editar | editar código-fonte]

A Festa do Aniversário de Morte dá aos leitores, uma visão de como os fantasmas de Hogwarts interagem uns com os outros e também com os vivos. Mesmo sendo mortos, eles parecem ser uma típica comunidade, se comportando e agindo como as pessoas vivas, socializando, brigando, cooperando e até mesmo chateando e aborrecendo de propósito outro fantasma, como Pirraça (que é um poltergeist) faz quando insulta a Murta, fazendo com que ela vá embora soluçando. Os fantasmas em geral, gostam de Harry e recebem bem o Trio na festa, embora tudo ali seja estranhíssimo para Harry, Hermione e Ron. Os fantasmas, especialmente Nick, sempre aparecem querendo ajudar Harry quando ele precisa, como Nick e Pirraça fizeram quando distraíram Filch. Se os fantasmas são felizes ou não em sua morte, não se sabe, mas eles parecem estar adaptados e alguns encontram uma maneira de serem úteis como mascotes das Casas da escola, e o Professor Binns, que continua dando aulas em Hogwarts após sua morte, aparentemente sem perceber que já morreu. A Murta Que Geme, no entanto, permanece perpetuamente rabugenta, talvez por causa de sua morte prematura, embora não esteja bem claro porquê. Também não se sabe, porque algumas pessoas se tornam fantasmas e continuam a viver no mundo dos vivos, enquanto outras, como os pais de Harry, aparentemente não. Harry deve pensar também porque isso acontece, assim como no que deve acontecer com aqueles que não são fantasmas. A Festa de Aniversário de Morte de Nick deve ter feito Harry se sentir mal, porque é celebrada no mesmo dia em que seus pais foram mortos por Voldemort, dia 31 de outubro.

A autora é mestra naquilo que se pode explicar como, a habilidade de escrever algo que pede uma pergunta, e mais tarde, é seguido por uma resposta que explica mais do que a pergunta feita (em inglês "the set-up and the pay-off"). Esse capítulo contém um pequeno exemplo, na mesa de Filch há um envelope de um curso por correspondência que aparentemente ensina magia básica. Filch fica horrivelmente envergonhado com isso. Por que?

Na verdade, só Harry e os leitores aparentemente, estão observando os eventos estranhos que estão ocorrendo em Hogwarts, o escrito com sangue na parede é a primeira evidencia concreta de que algo de sinistro está se aproximando.

Enquanto a maioria dos alunos parece apavorada, Malfoy sonso como sempre, parece não estar surpreso e aproveita a oportunidade para ameaçar a todos que considera inferiores. Não se sabe se ele está envolvido, de alguma forma nisso tudo, mas o fato de insultar Hermione mais cedo, chamando a garota de sangue ruim, e sua atitude insensível agora, indicam que, mesmo que ele não seja responsável direto, ele pode saber de alguma coisa sobre o ocorrido.

Perguntas[editar | editar código-fonte]

Revisão[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Pirraça e Nick criaram uma distração? Isso resolveu?
  2. Por que Nick convida Harry, Ron e Hermione para sua Festa de Aniversário de Morte? Por que isso foi um tanto desagradável para Harry?
  3. Por que a Murta Que Geme fugiu soluçando? Ela está exagerando?

Estudos Adicionais[editar | editar código-fonte]

  1. Por que Filch pareceu ficar repentinamente envergonhado?
  2. O que significa “Inimigos do Herdeiro cuidado”?
  3. Quem ou o que atacou Mrs. Norris? Por que?
  4. Será que Draco sabe de alguma coisa relacionada com a mensagem na parede? Explique.

Visão Completa[editar | editar código-fonte]

Spoiler[editar | editar código-fonte]

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A voz que Harry escuta, foi mencionada nesse livro na “Visão Completa do capitulo 7” , é a voz do monstro que foi solto. Vamos descobrir que o monstro é um Basilisco, que está vagueando através das paredes usando o encanamento, está dentro da escola através do banheiro da Murta Que Geme. Não foi por acidente que a pichação na parede e o corpo de Mrs. Norris estavam ambos, do lado de fora do banheiro da Murta. Só que isso não é mencionado nunca, nem mesmo quando Harry mais tarde desconfia que a entrada da Câmara Secreta fica ali. Também foi mencionado que o Professor Lockhart não consegue ouvir a voz, quando Harry a ouve no escritório do Professor, a despeito de sua violência e fúria. Percebemos nesse capitulo, que nem Ron nem Hermione, podem ouvi-la também; eles ficam espantados e simplesmente seguem Harry. Ron ainda comenta que, mesmo entre os bruxos, escutar vozes que mais ninguém escuta pode ser sinal de insanidade; isso pode ter tido algum efeito sobre Harry, quando, nesse livro capitulo 12, o Professor Dumbledore pergunta se tem alguma coisa que Harry queira comentar.

A Murta Que Geme sair correndo da festa, se torna um fato crítico por razões que serão explicadas mais tarde nesse livro. O fato é que Pirraça a aborreceu e então, a Murta deliberadamente, enche o Saguão de água do lado de fora do banheiro dela. Nós não vemos o banheiro nesse trecho do livro, mais tarde no entanto, quando alguém “joga um livro através da cabeça da Murta”, Harry e Ron entram no banheiro e encontram todas as torneiras abertas, a água corrente inundando o chão do banheiro e se espalhando pelo saguão. Aqui no Brasil, em português, assim como em inglês a expressão popular para chorar pode ser, abrir as comportas ou abrir as torneiras, em inglês "turning on the waterworks”; parece que a Murta fez isso literalmente.

Logo vamos descobrir que Mrs. Norris não está morta, ela foi petrificada; se o saguão não estivesse inundado, o olhar do Basilisco a teria matado. A sorte de Mrs. Norris foi que ela viu o reflexo do Basilisco na água, ela não olhou para ele diretamente, e, portanto não morreu. Mrs. Norris foi a primeira a evitar o olhar do Basilisco e por sorte ou destino, as outras vítimas do Basilisco todas, evitaram olhá-lo nos olhos, salvando assim suas vidas. No entanto, cinqüenta anos antes, outra vítima teve um destino diferente.

Harry sem querer descobriu algo que em geral ninguém sabe sobre Filch, ele é um Aborto. Abortos nascem em famílias mágicas, mas eles mesmos não possuem habilidades mágicas. Filch aparentemente deseja superar esse “acidente de nascimento”, fazendo um curso de magia por correspondência. Embora agora Harry saiba que Filch está tentando aprender magia, ele ainda não entende porque isso é importante. Ron explica os detalhes a ele no próximo capítulo.

É importante notar que embora o armário que Pirraça derruba para distrair Filch, não seja importante na história desse livro, ele vai reaparecer em A Ordem da Fênix e também em O Enigma do Príncipe, e é um artefato importante na trama. Em ambas aparições, o fato de estar quebrado é muito importante.

Conexões[editar | editar código-fonte]

  • O Armário Sumidouro que Pirraça joga e quebra, nesse capitulo, é o par do outro onde Harry se esconde, na loja Borgin e Burkes, nesse livro no capitulo 4. Nesse mesmo armário, os gêmeos Weasley, atiram Montague em A Ordem da Fênix capitulo 28; de alguma maneira, Montague percebe que o par desse armário está na Borgin e Burkes, e Draco acaba sabendo disso através dele. No livro O Enigma do Príncipe, Draco vai passar a maior parte do tempo tentando consertá-lo; quando ele conseguir, vai usá-lo para permitir a entrada dos Comensais da Morte dentro da escola, evitando assim os feitiços que protegem o castelo e seus terrenos.
  • O fato de Neville ter mencionado anteriormente que ele “era praticamente um Trouxa”, tornam curiosa a descoberta de que existe um mercado voltado para cursos que ensinam magia. É a nossa primeira descoberta de que a falta de habilidade mágica de Neville deve ser bastante comum, uma vez que isso é explorado comercialmente com cursos até por correspondência. No próximo capitulo, vamos descobrir que os Abortos, são os filhos de famílias mágicas, que não conseguem fazer magia. No livro A Ordem da Fênix capitulo 2, vamos saber que esses Abortos são muitas vezes empregados por pessoas do mundo mágico. E em As Relíquias da Morte aprenderemos que ter uma criança Aborto foi, no passado, considerado uma vergonha, um preconceito que ainda permanece em algum grau, mesmo no tempo desses livros.