Guia do hacker/O golpe do telefonema

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Guia do hacker
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Guia do hacker

Um desconhecido liga para sua casa e diz ter sequestrado seu filho, e que quer $20.000.000 na conta dele hoje, se não vai mata-lo. Você, no desespero, fala o nome do seu filho, perguntando se tudo está bem com ele. Sabendo disso, o golpista pode fazer ameaças usando o nome do seu filho, o que é mais bem aterrorizante.

Outros golpistas que utilizam mais a internet podem até selecionar suas vítimas. As redes sociais, principalmente o Facebook, são uma ótima forma para saber o que as pessoas estão fazendo. Estamos no tempo em que as pessoas publicam tudo que estão fazendo. partiu a academia, a viajar para Disney, além de publicar fotos com a identidade localização ativada, mostrando em que local a foto foi tirada. Isso se não for daquelas pessoas que publicam o próprio número de telefone pedindo para ser chamada no Whatsapp.

Todas essas informações são valiosas na mão dos criminosos. Eles podem descobrir uma certa rotina na sua vida, e planejar golpes seguindo-a. Por exemplo eles sabem que você tem contato com sua família. Eles podem então ligar para seu(a) filho(a), deixando o telefone dele ocupado para novas ligações, e assim aplicar o golpe do telefonema em você, porque você não vai conseguir ligar para seu filho.

Uma dica que dou para você, é dizer o nome errado para seu filho quando atender esse tipo de chamada.


Ex:

     -golpista: alô? Estou com seu filho aqui.
-você:como assim! Meu filho???
-golpista:sim, estou com ele e você vai ter que pagar pelo resgate, se não eu o mato.
-você:está com o meu filho (invente um nome)?
-golpista:(finge perguntar o nome para seu filho)... Sim ele mesmo.
-você:ah é? Mas não tenho filho com esse nome. Boa tarde e tchau.

Até mais...