Guia do hacker/Ética hacker

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Guia do hacker
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Guia do hacker

Antes de tudo o que é ética? Ética, de acordo com o dicionário, é o ramo da filosofia que estuda o comportamento moral de um individuo em uma sociedade. Traduzindo do grego para português, ética significa bons costumes, carácter...

Para conseguir bons contactos e fazer boas amizades no mundo hacker, é necessário agir com ética, ter carácter. Coisas como invadir um site puramente por diversão e apagar todo o conteúdo que tem lá é coisa de cracker, logo totalmente antiético.

Imagine o seguinte cenário da atitude de um hacker: o hacker encontra uma falha de segurança no site da policia Militar, e com a exploração dessa falha ele teria acesso ao sistema de busca de índices por CPF, uma espécie de consulta. Então ele entra em contacto com o webmaster do site avisando da falha, sem causar nenhum dano e sem divulgar nada sobre a falha.

Já o exemplo de atitude de um cracker seria: encontrar uma falha em um dos servidores do Outlook, na qual permite que ele envie email para qualquer pessoa se passando por outra. Ao invés de alertar a Microsoft sobre a falha, ele a explora e usá-la a seu favor, para enviar spam para várias pessoas.

Não quero que você pense que estou aqui para ditar regras, de forma alguma, estou apenas comentando sobre a ética que um hacker deve ter. Cabe a você, depois de ler todo o livro qual caminho escolher. Eu particularmente me considero um gray hat. Já ajudei muita gente que precisava, mas também já fiz algumas brincadeiras com certas pessoas, que estão marcados até hoje, haha.

    Até mais, e bons estudos!