Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Migrando do DOS/Windows para o Linux/Quais as diferenças iniciais

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Quais as diferenças iniciais[editar | editar código-fonte]

  • Quando entrar pela primeira vez no GNU/Linux (ou qualquer outro UNIX, a primeira coisa que verá será a palavra login: escrita na tela.

A sua aventura começa aqui, você deve ser uma pessoa cadastrada no sistema (ter uma conta) para que poder entrar. No login você digita seu nome (por exemplo, gleydson) e pressiona Enter. Agora será lhe pedida a senha, repare que a senha não é mostrada enquanto é digitada, isto serve de segurança e para enganar pessoas que estão próximas de você "tocando" algumas teclas a mais enquanto digita a senha e fazendo-as pensar que você usa uma grande senha ;-) (com os asteriscos aparecendo isto não seria possí­vel). Caso cometa erros durante a digitação da senha, basta pressionar a tecla Back Space para apagar o último caracter digitado e terminar a entrada da senha. Pressione Enter, se tudo ocorrer bem você estará dentro do sistema e será presenteado com o sí­mbolo # (caso tenha entrado como usuário root) ou $ (caso tenha entrado como um usuário normal). Existe um mecanismo de segurança que te alerta sobre eventuais tentativas de entrada no sistema por intrusos usando seu login, faça um teste: entre com seu login e digite a senha errada, na segunda vez entre com a senha correta no sistema. Na penúltima linha das mensagens aparece uma mensagem "1 failure since last login", o que quer dizer "1 falha desde o último login". Isto significa que alguém tentou entrar 1 vez com seu nome e senha no sistema, sem sucesso.

  • A conta root não tem restrições de acesso ao sistema e pode fazer tudo o que quiser, é equivalente ao usuário normal do DOS e Windows. Use a conta root somente para manutenções no sistema e instalação de programas, qualquer movimento errado pode comprometer todo o sistema. Para detalhes veja [ch-perm.html#s-perm-root A conta root, Seção 13.6].
  • No GNU/Linux os diretório são identificados por uma / e não por uma \ como acontece no DOS. Para entrar no diretório /bin, você deve usar cd /bin.
  • Os comandos são case-sensitive, o que significa que ele diferencia as letras maiúsculas de minúsculas em arquivos e diretórios. O comando ls e LS são completamente diferentes.
  • A multitarefa lhe permite usar vários programas simultaneamente (não pense que multitarefa somente funciona em ambientes gráficos, pois isto é errado!). Para detalhes veja [ch-run.html Execução de programas, Capí­tulo 7].
  • Os dispositivos também são identificados e uma forma diferente que no DOS por exemplo:
      DOS/Windows        Linux
     -------------  ---------------
     A:             /dev/fd0
     B:             /dev/fd1
     C:             /dev/hda1 ou /dev/sda1
     LPT1           /dev/lp0
     LPT2           /dev/lp1
     LPT3           /dev/lp2
     COM1           /dev/ttyS0
     COM2           /dev/ttyS1
     COM3           /dev/ttyS2
     COM4           /dev/ttyS3
  • Os recursos multiusuário lhe permite acessar o sistema de qualquer lugar sem instalar nenhum driver, ou programa gigante, apenas através de conexões TCP/IP, como a Internet. Também é possí­vel acessar o sistema localmente com vários usuários (cada um executando tarefas completamente independente dos outros) através dos Terminais Virtuais. Faça um teste: pressione ao mesmo tempo a tecla ALT e F2 e você será levado para o segundo Terminal Virtual, pressione novamente ALT e F1 para retornar ao anterior.
  • Para reiniciar o computador, você pode pressionar CTRL ALT DEL (como usuário root) ou digitar shutdown -r now. Veja [ch-intro.html#s-introducao-reiniciando Reiniciando o computador, Seção 1.17] para detalhes .
  • Para desligar o computador, digite shutdown -h now e espere o aparecimento da mensagem Power Down para apertar o botão LIGA/DESLIGA do computador. Veja [ch-intro.html#s-introducao-desligando Desligando o computador, Seção 1.16] para detalhes.