Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Kernel e módulos/Como adicionar suporte a Hardwares e outros dispositivos no kernel

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Como adicionar suporte a Hardwares e outros dispositivos no kernel[editar | editar código-fonte]

Quando seu hardware não funciona mas você tem certeza que é suportado pelo GNU/Linux, é preciso seguir alguns passos para faze-lo funcionar corretamente:

  • Verifique se o kernel atual foi compilado com suporte ao seu dispositivo. Também é possí­vel que o suporte ao dispositivo esteja compilado como módulo. Dê o comando dmesg para ver as mensagens do kernel durante a inicialização e verifique se aparece alguma coisa referente ao dispositivo que deseja instalar (alguma mensagem de erro, etc). Caso não aparecer nada é possí­vel que o driver esteja compilado como módulo, para verificar isto entre no diretório /lib/modules/versao_do_kernel e veja se encontra o módulo correspondente ao seu dispositivo (o módulo da placa NE 2000 tem o nome de ne.ko e o da placa Sound Blaster de sb.ko, por exemplo).

OBS: Nos kernel 2.4 e anteriores, a extensão dos módulos era .o. Caso o kernel não tiver o suporte ao seu dispositivo, você precisará recompilar seu kernel ativando seu suporte. Veja [#s-kern-recompilando Recompilando o Kernel, Seção 16.11].

  • Caso seu hardware esteja compilado no kernel, verifique se o módulo correspondente está carregado (com o comando lsmod). Caso não estiver, carregue-o com o modprobe (por exemplo, modprobe sb io=0x220 irq=5 dma=1 dma16=5 mpuio=0x330), para detalhes veja [#s-kern-modprobe modprobe, Seção 16.8].

O uso deste comando deverá ativar seu hardware imediatamente, neste caso configure o módulo para ser carregado automaticamente através do programa modconf ou edite os arquivos relacionados com os módulos (veja [#s-kern-arquivos Arquivos relacionados com o Kernel e Módulos, Seção 16.12]). Caso não tenha sucesso, será retornada uma mensagem de erro.