Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Comandos diversos/dd

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

COMANDO DD


O comando dd é uma ferramenta de linha de comando presente, nativamente, nos sistemas Linux. Seu objetivo principal é converter e copiar arquivos. Por outro lado, existem diversas opções que dão outras possibilidades interessantes para esse comando; bem como: criar imagens de discos rígidos (HDD), arquivos de swap, recuperaçã☁o de dados, formatação de mídias de armazenamento e outras.

Ferramenta GNU que faz parte do pacote coreutils, o comando dd (“data duplicator”) é usado para copiar e converter dados. Entretanto, pode ser usado para outras situações; por isso é considerado um poderoso utilitário de baixo nível do Linux. Entre as diversas possibilidades, destaco:

• Fazer backup e restauração de todo o disco rígido ou partição;

• Fazer backup da MBR (Master Boot Record);

• Copiar e converter formato de fita magnética, entre outros formatos como: ASCII e EBCDIC. Também pode converter letras minúsculas para maiúsculas (e vice-versa), por exemplo;

• Criar arquivos para fazer imagens de inicialização. Pendrive bootável, por exemplo;

• Criar arquivos com tamanho pré fixado;

• Recuperar dados de um disco defeituoso para uma imagem ou outra mídia de armazenamento;

• Fazer alguns testes simples sobre a velocidade do disco ou CPU;

Por ser uma ferramenta muito poderosa, somente o usuário root (ou sudo) pode executar este comando. Além disso, é preciso ter muito cuidado ao usá-lo; pois com um uso inapropriado poderá causar perda de dados importantes. Assim, em outras casos, a ferramenta dd, poderá ser considerada como “destruidora de dados” #ficadica

ESTRUTURA[editar | editar código-fonte]

Onde, ‘if’ significa o arquivo de entrada e o ‘of’ o arquivo de saída.


dd if={origem} of={destino} [opções]


Um exemplo de uso seria o seguinte comando:

dd if=/dev/sda of=/dev/sdb


Onde, é feita uma cópia do conteúdo da partição /dev/sda para a partição /dev/sdb.