Guia do Linux/Avançado/Firewall iptables/A tabela mangle

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A tabela mangle[editar | editar código-fonte]

A tabela mangle serve para especificar ações especiais para o tratamento do tráfego que atravessa os chains. Nesta tabela existem cincos chains: PREROUTING, POSTROUTING, INPUT, OUTPUT e FORWARD (veja [#s-fw-iptables-tabelas O que são tabelas?, Seção 10.1.14] para maiores detalhes). Em geral, cada um deste chain é processado antes do chain correspondente na tabela filter e nat para definir opções especiais para o tráfego (por exemplo, o chain PREROUTING da tabela mangle é processado antes do PREROUTING da tabela nat). O chain OUTPUT da tablea mangle corresponde ao OUTPUT da tabela nat. Opções como o Tipo de Serviço (TOS) é especificado nesta tabela para classificar e aumentar consideravelmente a velocidade de tráfego considerados em tempo real. Mesmo após o tráfego ser estabelecido, os chains da tabela mangle continuam ativos para garantir que as opções especiais relacionadas com a conexão continuem fazendo efeito (veja os exemplos de [#s-fw-iptables-path Caminho percorrido pelos pacotes nas tabelas e chains, Seção 10.7]).

Especificando o tipo de serviço[editar | editar código-fonte]

O tipo de serviço é um campo existente no cabeçalho de pacotes do protocolo ipv4 que tem a função especificar qual é a prioridade daquele pacote. A prioridade é definida usando o algoritmo FIFO do próprio kernel, sendo uma das alternativas de controle/priorização de tráfego das mais simples e rápidas. Uma das vantagens da utilização do tipo de serviço é dar prioridade ao tráfego de pacotes interativos (como os do ICQ, IRC, servidores de chat), etc. Com o TOS especificado, mesmo que esteja fazendo um download consumindo toda a banda de sua interface de rede, o tráfego com prioridade interativa será enviado antes, aumentando a eficiência do uso de serviços em sua máquina. Em testes realizados em minha conexão de 56K, o uso de regras TOS aumentou bastante o desempenho em tráfego interativo (em torno de 300%), durante o uso total da banda da interface ppp em grande consumo de banda. Usamos o alvo TOS (-j TOS) para especificar a modificação do tipo de serviço nos pacotes que atravessam as regras do firewall, acompanhada do argumento --set-tos TOS que define a nova prioridade dos pacotes. Os valores aceitos são os seguintes:

  • Espera Mínima
    É especificado através de Minimize-Delay, 16 ou 0x10
    Máximo Processamento
    É especificado através de Maximize-Throughput, 8, ou 0x08.
    Máxima Confiança
    É especificado através de Maximize-Reliability, 4 ou 0x04.
    Custo mínimo
    Especificado através de Minimize-Cost, 2 ou 0x02.
    Prioridade Normal
    Especificado através de Normal-Service, 0 ou 0x00.

Os pacotes vem por padrão com o valor TOS ajustado como prioridade normal (bits tos ajustados para 0x00). O tipo Mínima Espera é o de maior prioridade, recomendado para tráfego interativo.

Especificando o TOS para tráfego de saída[editar | editar código-fonte]

Este é o mais usado, pois prioriza o tráfego que sai da máquina (com destino a Internet, por exemplo). Sua operação é realizada através do chain OUTPUT ou POSTROUTING. Para priorizar todo o tráfego de IRC de nossa rede interna indo para a interface ppp0:

     iptables -t mangle -A OUTPUT -o ppp0 -p tcp --dport 6666-6668 -j TOS --set-tos 16

O bit TOS é ajustado para Espera mínima e será enviado antes dos pacotes com prioridade normal para fora. Para priorizar a transmissão de dados ftp saindo da rede:

     iptables -t mangle -A OUTPUT -o ppp0 -p tcp --dport 20 -j TOS --set-tos 8

Para priorizar o tráfego de ICQ da rede:

     iptables -t mangle -A OUTPUT -o ppp0 -p tcp --dport 5190 -j TOS --set-tos 16

Existem muitas outras otimizações que podem ser feitas, só depende dos requerimentos e análise de cada serviço da rede pelo administrador. OBS: - Os pacotes que atravessam o alvo TOS somente tem os bits tipo do serviço modificados, eles não serão de qualquer forma rejeitados.

Especificando o TOS para o tráfego de entrada[editar | editar código-fonte]

Este prioriza o tráfego que entra da máquina. Sua operação é realizada no chain INPUT ou PREROUTING. Não faz muito sentido o uso deste chain dentro de uma rede pequena/média, pois o tráfego que recebermos será priorizado pelo chain de saída de outras máquinas da internet/outras redes antes de chegar a nossa (desde que elas também estejam usando TOS). Para priorizar o processamento do tráfego interativo vindo de servidores IRC para nossa rede:

     iptables -t mangle -A PREROUTING -i eth0 -p tcp --sport 6666-6668 -j TOS --set-tos 0x10

Modifica o tipo de serviço para mínima espera de todo o tráfego enviado por servidores de IRC vindo da interface eth0. OBS: - Os pacotes que atravessam o alvo TOS somente tem os bits tipo do serviço modificados, eles não serão de qualquer forma rejeitados. \