GNU Health/Diretrizes de Empacotamento

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< GNU Health
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A fim de tornar o processo de instalação e documentação do GNU Health válidos para o vasto número de sistemas operacionais disponíveis, precisamos especificar algumas orientações básicas. Estas orientações devem ser levadas em conta se você quiser criar um pacote para o sistema operacional ou distribuição.

Por favor, perceba que o pacote não é necessário para instalar o GNU Health. O instalador GNU Health, detecta a maioria dos sistemas operacionais, instalando o sistema e os requisitos conforme explicado no guia de instalação.

Se quiser criar e/ou manter um pacote para o seu sistema operacional, siga estas orientações gerais (parciais). É precisa atentar que estas orientações irão mudar de vez em quando, a fim de adaptar-se aos novos lançamentos.

  • Usuário do sistema operacional: O usuário do sistema operacional é "gnuhealth"
  • Diretório de instalação: Diretório de instalação é o $HOME do sistema operacional
  • Arquivo RC: O GNU Health vem com um conjunto de variáveis de ambiente ​e aliases predefinidos. Estes são armazenados no arquivo $HOME/.gnuhealthrc. É importante que este arquivo seja carregado no momento do login. Os programas de controle e documentação fazem uso pesado dessas variáveis ​​e aliases.
  • Shell: O shell padrão usado pelo script de instalação é BASH.
  • Instalador GNU Health: Este é o instalador principal. Desde o GNU Health 3.0 o nome é gnuhealth-setup e está incluído no arquivo tarball principal do GNU Health. Executar esse script seria provavelmente a maneira mais fácil.
  • Estrutura de diretórios: Por favor, siga a estrutura de diretórios e links que são criados durante a instalação padrão.
  • Arquivo de configuração Tryton: O GNU Health vem com um arquivo de configuração básico do servidor Tryton, adaptado para o uso geral.
  • Centro de controle GNU Health: Este programa é a base para controlar a instância GNU Health (status, backup, atualizações, pacotes de idiomas, etc.). Desde o GNU Health 3.0 este reside no diretório "util".

Além destas orientações básicas, há uma lista de pré-requisitos de cada sistema operacional que devem ser seguidos. Consulte a seção de instalação para seu sistema operacional específico.