GIMP/Instalando Plugins

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Utilidade[editar | editar código-fonte]

Na medida em que os usuários do Gimp ficam mais familiarizados com seu uso, logo começam a explorar seus limites e, quando sentem falta de algum recurso ou ferramenta, ou recorrem a um plugin ou a um script. Neste tutorial mostraremos como instalar um plugin no Gimp.

Onde achar[editar | editar código-fonte]

No endereço http://registry.gimp.org/ você encontrará vários plugins desenvolvido por usuários.

Instalação[editar | editar código-fonte]

Quando baixamos um plugin, geralmente ele vem comprimido em um tipo específico de arquivo relacionado a ferramenta que o comprimiu. Na maioria das vezes só há o código fonte, sendo assim necessário a sua compilação para que o plug-in possa ser usado.

Caso você deseje compilar um plug-in saiba que é necessário usar alguns pacotes antes da compilação, no geral para quem usa Ubuntu por exemplo, o mínimo é:

  • libgimp2.0-dev

No Windows as dependências também são as mesmas só que mais difíceis de serem resolvidas, pois elas foram projetadas com foco em sistemas abertos com Linux, não Windows. Recomendamos a instalação de distribuições feitas por usuários mais avançados.

Para mais informações sobre quais comandos utilizar para compactar ou descompactar arquivos no Linux, visite a pagina http://guilessons.no-ip.org/referencias.

Windows[editar | editar código-fonte]

Basta procurar pelo diretório onde foi instalado o GIMP e seguir em lib\gimp\<versão>\plug-ins\.

Linux[editar | editar código-fonte]

Basta colocar na pasta /usr/lib/gimp/<versão>/plug-ins/ ou na pasta do usuário em $HOME/.gimp-2.6/plug-ins/ por exemplo.