Dicionário dos conceitos gramaticais/C

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dicionário dos conceitos gramaticais
A • B • C • D • E • F • G • H • I • J • K • L • M • N • O • P • Q • R • S • T • U • V • W • X • Y • Z

Caso[editar | editar código-fonte]

Caso é a forma em que uma palavra está, conforme a sua função sintática dentro da frase. Em português há distinção entre basicamente dois casos: o reto e o oblíquo; outras línguas usam vários casos. Em algumas línguas, as palavras são escritas de maneira diferente de acordo com o caso em que estão.

Em português, o caso reto corresponde às funções de sujeito, predicativo e objeto direto. Pode ser dividido em caso nominativo e caso acusativo. Já o caso oblíquo corresponde geralmente à função de objeto indireto e pode ser dividido em vários casos, como dativo, genitivo, instrumental e locativo, entre outros.

Em português, os casos só se distinguem na grafia nos pronomes; por exemplo: eu (caso reto), me/mim (caso oblíquo).

Caso nominativo[editar | editar código-fonte]

É o caso que corresponde ao sujeito e ao predicativo.

João leu um livro. (sujeito)
A menina é bonita. (predicativo)

Caso acusativo[editar | editar código-fonte]

É o caso que corresponde ao objeto direto. Em português o caso acusativo pode ser indicado com alguns dos pronomes do caso oblíquo — o, a, os, as, me, te, se, nos, vos:

Ele a cumprimentou como se nada tivesse acontecido.
A situação não me incomoda.??

Caso dativo[editar | editar código-fonte]

É o caso das palavras que representam a quem/para quem a ação é feita. Por exemplo: Ana deu um caderno a Paulo, onde "a Paulo" representa a locução que equivale ao caso dativo. Em português, corresponde a uma das funções do objeto indireto. Os pronomes lhe e lhes também representam o caso dativo:

Ana deu um caderno a Paulo.
Ana lhe deu um caderno.

Caso genitivo[editar | editar código-fonte]

O caso genitivo indica posse. Em português equivale à preposição "de" nesse sentido:

O livro de Pedro é vermelho.

No inglês, o genitivo é representado por um 's (apóstrofo s) ao final de uma palavra. Exemplo:

Peter = Pedro
Peter's = de Pedro
Peter's mother = mãe de Pedro

Caso instrumental[editar | editar código-fonte]

Indica o meio ou instrumento com o qual uma ação é realizada, geralmente com a preposição "com" em português. Exemplos:

Abriu a porta com a chave.

Caso vocativo[editar | editar código-fonte]

Em português, é conhecido simplesmente como vocativo. O vocativo indica com quem se fala:

José, abra a porta.