Confucionismo/Fundamentos

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Confucionismo tem como objetivo fomentar a ordem do universo através do ordenamento das relações sociais. Segundo o Confucionismo, se as relações sociais estiverem equilibradas, o universo estará equilibrado e todos os seres viverão felizes e em harmonia. Nesse sentido, o Confucionismo procura disciplinar todo tipo de relação social: a relação entre pai e filho, entre irmãos mais velhos e irmãos mais novos, entre cônjuges, entre governantes e governados, entre antepassados e descendentes, entre patrões e empregados, entre superiores e subalternos, entre amigos, entre professores e alunos e entre o céu (a divindade máxima) e os demais seres do universo.

Baixo-relevo representando nuvens no Templo do Céu em Pequim, na República Popular da China
Vaso no Templo do Céu, em Pequim

À exceção da relação entre amigos, todas as demais relações seriam fundamentadas no princípio da hierarquia, onde um dos elementos seria superior e outro elemento seria inferior. Por exemplo, o pai seria superior ao filho, o marido seria superior à esposa, o filho mais velho seria superior ao filho mais novo, o governante seria superior ao governado, o antepassado seria superior ao descendente e o céu seria superior a todos. Entre amigos, a relação seria de igualdade. Dentro da relação confuciana ideal, o elemento superior deve se preocupar em garantir o bem-estar do elemento inferior e este, em troca, deve obedecer e respeitar o elemento superior.

Casa dos ancestrais da família Cheng, em Hong Kong, na República Popular da China. Segundo o Confucionismo, os ancestrais protegem seus descendentes, os quais, em troca, devem venerá-los.