Cálculo (Volume 3)/Equações diferenciais primeira ordem

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Uma equação diferencial de primeira ordem é uma equação em que as incógnitas são funções e essa equação envolve a primeira derivada da incógnita. Assim, podemos definir uma equação diferencial de primeira ordem como:

F(t,y,y')=0

em que t é a variável independente, y é uma função dependente de t e ao mesmo tempo a incógnita da equação e y' é a primeira derivada de y.

Uma equação diferencial de primeira ordem pode ser classificada também de acordo com o seu tipo (ordinária ou parcial) e quanto a linearidade (linear ou não-linear).

Exemplo de equação diferencial de primeira ordem:

(t-3)y'+(5t+2)y+(2t²+t)=0

Esta é uma equação diferencial ordinária linear de primeira ordem.