Business Intelligence/Mercado da Saúde

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Business Intelligence
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pensando no contexto geral, a área da saúde é uma das áreas que mais podem ser impactadas, levando em conta a quantidade de pessoas envolvidas, médicos, pacientes, enfermeiras, e administrativo. Clínicas enfrentam uma demanda crescente de informações a todo o momento onde uma ferramenta de BI é visto como uma solução dos problemas reais, já que seus avanços tecnológicos têm capacidade de fornecer informações de qualidade e preditivas.

A importância de ter toda a base de dados incluindo pessoas, exames, receitas, remédios e prognósticos de forma que a compreensão do conhecimento esteja claro, trazem muitos benefícios quando usado corretamente, melhorando assim os processos. Dado que o sistema de saúde é tido como um sistema com recursos escassos, a intenção de aplicar o BI é agilizar e apresentar uma visão ampla de todos os setores, para assim,melhorar a tomada de decisão.

O BI já está sendo implementados pelo SUS ( Sistema Público de Saúde ), utilizando Data Warehouses, e softwares com propriedades OLAP fornecendo a construção de relatórios e painéis gráficos de alta performance. Segundo o Caderno de Informações de Saúde [DATASUS: 2004], é essencial para a gestão da saúde o conhecimento com qualidade e rapidez. Esta informação, torna-se de grande auxílio para a tomada de decisão em qualquer área de atuação, como planejamento estratégico, setorial, controle e avaliação, auditoria, investigação epidemiológica, etc. ."

Pode ser apontados pontos críticos, oportunidades, tendências, criação metas para guiar gestores com informações inteligentes de fácil acesso em um ambiente onde as decisões precisam ser tomada de forma rápida e eficiente (mesmo que em crise) tendo como exemplo: situações de múltiplos traumas, falta de médico, e casos graves.

Hoje em dia o foco para a utilização da inteligência de negócios é direcionada para questões gerenciais da área de saúde, como por exemplo:

Recursos humanos: atribuir funções, marcar horário, definir plantões;

Integração de dados de diferente sistemas: como existem diferentes sistemas os dados podem está redundantes, ou perdidos, e uma nova visualização pode ajudar a dar sentido a dados isolados;

Segurança: Estamos trabalhando com a área da saúde, então informações pessoais de pacientes, como documentos, prontuário, diagnósticos precisam manter o sigilo;

Integridade: garantir que as informações não foram manipuladas, dados que uma delas são medicamentos e suas dosagens, e dependendo do sintoma do paciente, uma informação errada pode ser fatal.

Já existem algumas pesquisas que apontam a utilização de BI junto com IA para predição de doenças avaliando sintomas, tipo de sangue e genética por exemplo. Um diagnóstico correto e antecipado pode salvar a vida de um paciente, tornando a implementação do BI ainda mais importante na área da saúde.