Business Intelligence/Mercado Financeiro

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Business Intelligence
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Um mercado de ampla concorrência, altamente volátil, com necessidade de controle meticuloso devido aos riscos que são expostos, são algumas da propriedades de negócios que caracterizam o mercado financeiro. Devido a quantidade exorbitante de dados gerados em tempos reais, os bancos encontram uma certa dificuldade de extrair conhecimentos sobre suas operações. Em razão da disponibilidade e quantidade de dado, o mercado torna-se ideal para utilização do BI.

Para ter sucesso, as instituições financeiras tem como objetivo monitorar os aspectos das relações com cliente, identificar e reter clientes rentáveis, reconhecer novos mercados e necessidade de novos produtos,atrair novos clientes e medir a produtividade da organização. Para alcançar esses objetivos os banco utilizam a adoção de tecnologias modernas em suas transações bancárias complexas e aplicam o BI para gerar o melhor conhecimento, abaixo estão algumas dessas formas:

  • Desempenho do Banco: O banco analisa sua história com dados importantes como, crédito, lucro, receita, despesas, e a partir do conhecimento gerado dessas informações geram um plano estratégico pro futuro.
  • Segmentação de clientes: é um método de agrupar clientes em classes que compartilham padrões. As organizações podem usar a segmentação para descobrir onde existem semelhanças e entender diferentes grupos para os quais vendem e comercializam.
  • Marketing: uma das áreas mais amplamente usadas de mineração de dados para o setor bancário é o marketing. O departamento de marketing pode usar a mineração de dados para analisar e segmentar de clientes de acordo com o perfil. Quando os clientes estiverem segmentados, são criado planos de marketing  focados no que cada perfil tem interesse. O banco economiza em estratégias de marketing, aumenta a probabilidade de adesão dos clientes e melhora a relação com os clientes.
  • Gerenciamento de risco: O BI é amplamente utilizado para gerenciamento de riscos no setor bancário, dado que é um setor dinâmico, os executivos do banco precisam estimar a confiabilidade de seus clientes em relação a permanência e disponibilidade de crédito. A falta de conhecimento sobre o futuro dos clientes pode revelar-se um grande risco.
  • Detecção de fraude: Ser capaz de detectar fraudes é uma preocupação real para as empresas e com a ajuda da mineração de dados, as ações fraudulentas estão sendo detectadas e suspensas. Dado que o sistema pode oferecer ações médias de clientes, quando acontece uma ação com quantidade alterada, pode-se emitir um aviso de suspeita.
  • Valor vitalício do cliente: este gerenciamento estima a receita esperada de cada cliente no período futuro. O BI pode criar modelos para o valor esperado da vida útil do cliente, para que os banqueiros criem estratégias visando aumentar a vida útil, ou reter clientes que já fornecem lucratividade para o banco.