Business Intelligence/História

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Business Intelligence
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A real data de surgimento do Business Intelligence (BI) é desconhecida. Civilizações antigas já utilizavam do cruzamento de dados provindos da natureza, tais como, chuva, movimentação de marés e períodos de seca, para a tomada de decisões que pudessem melhorar a vida das comunidades.

No final dos anos 60 a tecnologia vinha sofrendo muitas modificações. A utilização de cartões perfurados, transistores e a linguagem COBOL (Common Business Language), foram fatores limitante para que a implementação de um sistema pudesse gerir todos os dados.

Durante a década de 70, a tecnologia deu um salto com o surgimento de tecnologias de armazenamento, como os DASD[1] e SGBD. A partir dessa duas tecnologias, o processamento de dados começou a ser possível, trazendo uma grande vantagem competitiva para as organizações que as utilizavam.

A tecnologia foi avançando até a chegado dos anos 90, onde o termo Business Intelligence foi introduzido pelo Gartner Group[2]. A empresa define BI como um termo abrangente que inclui, aplicativos, infraestrutura, ferramentas e práticas recomendadas que permitem o acesso e a análise de informações para melhorar e otimizar a tomada de decisões e desempenho.

No atual ambiente econômico, as informações e sua precisão representam uma chave de sucesso para qualquer negócio. Embora se trate de realizar um simples relatório de vendas ou extrair dados brutos de um banco de dados, a análise de dados sempre forneceu informações preciosas aos gerentes da empresa.

Com o tempo, os dados "interessantes" foram fornecidos a pessoas com papéis decisivo dentro de uma empresa em formato de relatórios, estatísticas e análise de documentos. Mas o que acontece quando o volume de dados aumenta tanto que os sistemas clássicos de armazenamento e relatório não conseguem acompanhá-lo?

No início, alguns decidiram arquivar dados antigos e manter os dados atuais. Essa solução funcionou perfeitamente até que se percebesse que os dados antigos são tão bons quanto os novos.


[1] Dispositivo de armazenamento de dados no qual as informações podem ser acessadas diretamente sem que seja preciso começar do ponto inicial de gravação e percorrer seqüencialmente todas as áreas de armazenamento até localizar a informação desejada.

[2] Empresa global líder em pesquisa e consultoria.