Bioquímica/Ceras

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Favo de cera de abelha.

As ceras são lípidos que por hidrólise libertam 1 mol de ácido gordo de cadeia longa e 1 mol de álcool alifático de cadeia longa por mole de cera. Tal como os acilgliceróis, os ácidos gordos e os álcoois são ligados por ligações éster.

Possuem estrutura linear, o que facilita a agregação entre as moléculas, formando cadeias hidrofóbicas. Têm um alto ponto de fusão (entre 60 e 100ºC). Estas características conferem funções impermeabilizantes e estruturais às ceras.

São segregadas por diversos organismos, particularmente em situações que necessitem de resistência à evaporação de água. Por exemplo, as aves possuem glândulas que segregam ceras utilizadas para impermeabilização das suas penas. Também é conhecida a cera de abelha, utilizada por este insecto para construir os favos em colmeias, necessários para a sua reprodução.


Crystal Clear app katomic.png

Esta página é um esboço de química. Ampliando-a você ajudará a melhorar o Wikilivros.