Bibliotecas Digitais/eBooks

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Bibliotecas Digitais
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Definição[editar | editar código-fonte]

eBook do acrônimo eletronic book em português livro eletrônico é uma tecnologia que tem múltiplas funcionalidades que permitem, entre outras coisas, o acesso instantâneo a milhares de documentos digitais e vem de encontro com as ideias de muitos escritores e editores, de fazer com que seus textos cheguem a um número máximo de leitores.

Exemplos de empresas envolvidas com desenvolvimento de eBook readers:

  • HP
  • OverDrive Inc.
  • Samsung
  • IBM
  • Xerox Corp.
  • Toshiba
  • MIT
  • Philips

Caracteristicas[editar | editar código-fonte]

  • Marcadores de páginas e busca rápida desses marcadores.
  • Bloco de anotações.
  • Controle de brilho e contraste.
  • Controle ajustável de luminosidade podendo assim ler em qualquer ambiente, importante para quem tem olhos sensíveis.
  • Dicionário em várias línguas que traz o significado de qualquer palavra que o usuário escolher.
  • Busca por palavras ou frases no texto.
  • Sublinhar ou marcar um trecho importante do texto.
  • Ajuste de tamanho e tipo das fontes para melhor legibilidade.
  • Base giratória de leitura para textos especiais que podem ser lidos na horizontal.
  • Acesso às livrarias ou bibliotecas digitais com a possibilidade de aquisição de obras.
  • Possibilidade de criação de biblioteca pessoal.
  • Possibilidade de publicar seu próprio eBook importando documentos pessoais e da internet.
  • Grande capacidade de armazenamento de arquivos de textos.
  • Memória expansível.
  • Tamanho de um livro de papel.
  • Compatível com os níveis de segurança exigidos pelos detentores de conteúdo.
  • Baterias duradouras.
  • Compatibilidade com PCs, Linux e MACs.
  • Peso médio de 300 gramas.

Reader[editar | editar código-fonte]

O reader é um programa especial necessário para se acessar um eBook, esse programa é distribuído gratuitamente na internet e com ele pode-se ler o livro digital em diversas plataformas. Exemplos incluem o Adobe eBook Reader (Computadores pessoais e notebooks); Palm Reader, MS Reader ou MobiPocket Reader (HandHelds, PalmTops ou computadores pessoais de bolso); Rocket eBook, eBookMan, MyFriend, LIBRIé ou CyBOOK (aparelhos específicos especialmente preparados e dedicados à leitura).

Formatos de arquivos digitais disponíveis[editar | editar código-fonte]

  • KML (HieBook Reader)
  • LIT (MS Reader)
  • PDB (MobiPocket Reader)
  • PRC (Palm Reader)
  • PDF (Adobe eBook Reader)
  • RB (Rocket Edition)
  • SoftBook Edition
  • EeB 1100.

DRM[editar | editar código-fonte]

O DRM (Digital Rights Managements) é um método novo e avançado de gerenciamento de direitos autorais que trabalha a conscientização do leitor, em conjunto com tecnologias de criptografias para arquivos. O DRM intimida a pirataria e guarda todos os direitos autorais sobre um documento eletrônico.

Conclusão[editar | editar código-fonte]

O acesso a informação está cada vez mais rápido e automático. Os eBooks podem trazer benefícios para os escritores, leitores e editores. Por se tratar de documentos que eliminam o oneroso custo do papel, os conteúdos para os eBooks são de 30 a 50% mais baratos. Isso cria um grande atrativo de consumo e um mercado novo; sua eficiência e legibilidade trazem uma enorme contribuição para a educação, para a alfabetização e um fortalecimento da cultura e do ato de ler.

Diversas idéias foram contribuindo para tornar possível a democratização da leitura. O MEMEX idealizado por Bush é hoje o eBook, um dispositivo simples, usado para acessar informações e contribuir com a disseminação do conhecimento mundial.