Audiodescrição de obras do Museu do Ipiranga/Q106206253

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Abridor de Latas

Abridor de Latas
 
Ficha catalográfica

Título: Abridor de Latas
Identificador no Wikidata: Q106206253
Categoria no Wikimedia Commons: Category:Abridor de Latas (1-07-01-000-11353-00-00)
Número de inventário: 1-07-01-000-11353-00-00
Coleção: Coleção Museu Paulista
Instância de: utensílio de cozinha
Material utilizado: ferro
Altura: 18 centímetros
Largura: 14 centímetros
Localização: Museu Paulista

 
Audiodescrição

Edite a audiodescrição
“Abridor de Latas” é um utensílio de cozinha de ferro, com 18 centímetros de altura e 14 centímetros de largura. O abridor é, sobretudo, amarelo, com algumas partes metalizadas em prata e possui marcas de ferrugem nas partes inferiores e superiores.

Sua base é circular e seu corpo é alongado. No topo, há uma manivela, que, à medida que vai sendo girada, vai cortando a lata. Mais para baixo, encontra-se uma alavanca prata de sucção que serve para manter o abridor fixo sobre um plano - algo similar ao que faz uma dessas ventosas de sucção que encontramos no nosso dia a dia. A lata é colocada na outra face (no lado que não está visível na foto) e encaixada em uma rodinha afiada que realiza a sua abertura conforme a manivela é acionada. Ela só não cai porque o abridor tem um mecanismo magnético que a segura.

Na parte inferior da imagem, há um colorchecker aparecendo pela metade. É possível observar apenas 12 das 24 cores que ele possui, seguindo a seguinte ordem: preto, cinza escuro, cinza médio, cinza claro e branco na fileira de cima; e azul claro, rosa, amarelo, vermelho, verde e azul escuro na fileira debaixo. No meio, entre as diferentes tonalidades de cinza, há um papel com o número 11353, para o inventário do museu. Na lateral esquerda, é possível identificar a palavra "checker", que é o final do nome do cartão. Já na lateral direita, há uma espécie de régua.

O cartão calibrador de cor é utilizado para aferir e definir corretamente as luzes, tonalidades e cores em um trabalho fotográfico, sendo todas as fileiras quadriculadas coloridas preparadas cientificamente para representar os temas cotidianos como, por exemplo, a pele humana e o azul do céu.