Astronomia mirim/Sol

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
sol com algumas manchas visíveis. As duas no meio são mais ou menos do diâmetro da Terra


O que é o Sol?[editar | editar código-fonte]

Fatos sobre o Sol


Sun symbol.svg

AVISO: Nunca olhe diretamente para o Sol, isso pode ferir e prejudicar seus olhos.

  • Se você olhar para o Sol em um telescópio, você corre o risco de cegueira
  • O Sol está a 150,000,000 km (93 milhões de milhas) de distância da Terra.
  • A luz do Sol leva 8 minutos para chegar até nós na Terra. Isso significa que se o Sol explodir, você não iria vê-lo explodir até 8 minutos mais tarde!
  • A cada segundo, o Sol move mais de 4 milhões de toneladas de gás em energia. Isso é 881.849.000.000 £!
  • O Sol é tão grande quanto 109 Terras.
  • O Sol é tão quente em seu centro que um pedaço dele do tamanho de uma cabeça de alfinete poderia matar alguém 160 kms de distância.



O Sol é uma estrela — a estrela mais próxima da Terra. Na verdade, é uma grande bola de gás muito quente (plasma). O ar que respiramos e o hélio em um balão são ambos gases. A temperatura na superfície do Sol vai além de 5500 °C, e é muito mais quente no centro, a cerca de 15 milhões °C.

O Sol é feito principalmente de hidrogénio (70%) e hélio (28%). Ele transforma muitas toneladas de hidrogênio em hélio a cada segundo, criando assim, o calor e a luz.

É dessa forma que o Sol aquece a superfície da terra permitindo a vida como a conhecemos.

Qual seu tamanho?[editar | editar código-fonte]

O Sol é muito grande — muito, muito maior do que a Terra! Até mesmo o poderoso planeta Júpiter é pequeno em comparação.

Tem mais de um milhão de kms (109 Terras) de diâmetro, e contém cerca de 99,86% da massa do Sistema Solar. Se você pudesse estar na superfície do Sol, você pesaria 28 vezes mais do que você pesa na Terra, porque o Sol tem mais massa e, portanto, mais força gravitacional do que a Terra.

Mais de um milhão de Terras caberiam sob a superfície do Sol. Embora ele não pareça tão grande visto daqui da Terra. Isso porque o Sol está muito longe. Comparado com outras estrelas, o Sol é uma estrela do tamanho médio. Há estrelas muito maiores, e estrelas muito menores.

Um vento de energia solar Solar, partículas carregadas, sopra do Sol por todo o caminho até o limite do Sistema Solar. Quando elas chegam lá, os gases se misturaram com aqueles provenientes de outras estrelas.


Como é a superfície?[editar | editar código-fonte]

O Sol não tem uma crosta como a Terra. Todo o Sol é feito de gases, fogo e plasma. O gás se torna mais leve na medida em que se afasta do centro do Sol.

A parte de fora que vemos quando olhamos para o Sol é chamada fotosfera. Como o Sol é formado por gases, ele tem uma grande quantidade de material mas nada sólido como a superfície da Terra. Na verdade os gases do Sol muitas vezes são expelidos no espaço em grandes explosões.


Como o Sol faz luz e calor?[editar | editar código-fonte]

O Sol é a principal fonte de energia para a Terra. Esta energia é feita no fundo do Sol, em um processo chamado de fusão nuclear.

Quatro átomos de hidrogênio são fundidos juntos para fazer um átomo de hélio. Alguns dos restos de matéria se transformam em energia. Esta é a mesma forma em como a energia é liberada em uma bomba de hidrogênio.

1. núcleo— 2. zona radiativa—3. zona de convecção


Núcleo (em inglês core): O centro do Sol é muito denso. É cerca de 12 vezes mais denso que o chumbo. Isso significa que um litro do gás a partir do núcleo do Sol pesaria meia tonelada. É também muito quente — cerca de 15.000.000 °C. Esta região é onde a maioria das reações nucleares estão ocorrendo.

Zona radiativa (em inglês Radiative zone): Nesta zona a luz e o calor produzido no núcleo luta para sair em direção à superfície. Os gases que constituem a zona são muito densos, eles continuam a absorver e a emitir raios. Alguma vez você já tentou correr através da água? Para a luz o efeito é semelhante. A luz percorre caminhos diferentes quando há reflexão. Nessa região a luz pode levar muito tempo ara sair de lá, cerca de um milhão de anos.

Zona de Convecção (em inglês Convection zone): Você já viu o brilho do ar acima de um incêndio? Talvez você já tenha dito que é porque o calor sobe? Na verdade, é o ar quente que está subindo. Gases quentes são menos densos, assim eles sobem. Gases frios são mais densos, eles descem. Nesta zona os gases são menos densos. Eles se comportam como o ar em uma lareira. Os gases na parte inferior dessa zona se aquecem e vão para cima. Sobem para a superfície, de lá para o espaço, e voltam novamente. Os gases na zona de convecção formam correntes como aquelas nos oceanos e na atmosfera da Terra. As correntes são chamadas de células de convecção.


O que são manchas Solares?[editar | editar código-fonte]

As áreas escuras são as manchas solares

As manchas solares são manchas escuras, mas elas ainda são mais brilhantes que um raio. Manchas solares parecem mais escuras do que o resto do Sol, porque elas são um pouco mais frias. Mesmo que as manchas solares sejam mais frias do que o resto do Sol, elas ainda estão quentes — cerca de 4000 °C (7000° F). As manchas Solares são causadas por mudanças no campo magnético do Sol. Nós vemos as manchas solares como pequenos pontos no Sol.

O número de manchas solares que vemos, aumenta e diminui, em um ciclo de duração média de cerca de 11 anos.

Como é a atmosfera solar?[editar | editar código-fonte]

Acima da fotosfera, os gases do Sol não são muito densos. Há duas camadas que podemos ver com telescópios especiais. Acima disso o fluxo de gases sai em forma de ventos Solares que chegam até os limites do Sistema Solar.

Cromosfera[editar | editar código-fonte]

Cromosfera significa "bola de cor", e fica um pouco acima da fotosfera. Ela não é tão brilhante como a fotosfera, e você normalmente não pode vê-la. Você só poderá vê-la pouco antes de um eclipse solar (apenas com filtros especiais!). A cromosfera, parece um flash de várias cores. Surpreendentemente, a cromosfera é ainda mais quente que a fotosfera, em algumas partes mais de 20.000 °C.

Corona[editar | editar código-fonte]

corona do Sol durante um eclipse

Corona significa "coroa" e é isso o que parece ao olharmos as imagens. A corona fica um pouco acima da cromosfera. É mais quente que a fotosfera, e brilha. Ela é feita de gases finos, e sopra para longe como o vento solar. Ela muda constantemente, mas é difícil de ver, mesmo com telescópios especiais.

Vento Solar[editar | editar código-fonte]

No topo da coroa, parte do gás flui como vento solar. O vento solar, flui rápido — cerca de 60 km por segundo (mais de 100.000 milhas por hora). O vento Solar é forte o suficiente para empurrar a poeira e o gás do núcleo de um cometa e fazer aquela cauda que todos conhecemos.

O vento solar pode até mesmo empurrar coisas grandes.

Em 1960, o Eco satélite I foi posto em órbita. Era um grande balão. Era tão grande e leve que o vento solar foi capaz de empurrá-lo em torno de sua órbita. No futuro algumas naves espaciais podem usar o vento solar para viajar entre planetas usando velas solares, da mesma forma que os barcos veleiros usam o vento na Terra para encher suas velas e assim atravessar os mares.


O que e o tempo solar?[editar | editar código-fonte]

Luzes do Norte


Você sabia que a Sol tem clima? O clima da Terra é o que está acontecendo na atmosfera da Terra.

Clima Solar é o que está acontecendo na atmosfera do sol. O clima solar nos afeta na Terra. Clima Solar (também chamado clima espacial) inclui a luz solar e o vento solar.

As labaredas solares, além de outros fenômenos, também podem causar um belo espetáculo, como cortinas de luz cintilantes de diversas cores. Se acontecem perto do Polo Norte nós chamamos de Aurora Boreal (Aurora Borealis), se acontecem perto do Polo Sul chamamos de Luzes do Sul (Aurora Australis).

O clima Solar também afeta outros planetas. Temos imagens de auroras em diversos planetas com exceção de Mercúrio e Plutão (até hoje 2015)

Assim como podemos obter as previsões meteorológicas da Terra, podemos obter as previsões meteorológicas solares. Meteorologistas estudam o sol para descobrir quando as explosões vão acontecer. Eles procuram prever quando as tempestades solares vão atingir a Terra e causar alguma perturbação no clima, nas comunicações, nos satélites, etc...

O ciclo da vida de uma estrela[editar | editar código-fonte]

Ciclo de Vida do nosso Sol


A vida do sol começa como uma nebulosa, que é uma nuvem de gás composta principalmente de hidrogênio. Com o tempo seu núcleo se torna mais compacto, e mais quente, até que possa fundir hidrogênio em hélio. Esta fusão torna-se sua fonte de alimentação.

Após isso a estrela vai ficando muito parecida com o nosso sol. Elas fundem átomos de hidrogênio para fazer hélio. Depois de bilhões de anos a estrela vai chegar a seu fim. A estrela vai esgotar seu suprimento de hidrogênio em seu núcleo, de modo que não haverá mais qualquer fonte de calor para apoiar o núcleo contra a gravidade.

O núcleo começará a diminuir, e hidrogênio começará a queimar em uma concha em torno do núcleo. As camadas mais externas da estrela irão inchar, criando uma gigante vermelha.

A comparação entre os tamanhos do Sol, como é agora, e como é vai ser como uma gigante vermelha.

Esse é o ciclo de uma estrela comum, e assim será a do sol também, embora o processo possa variar de estrela para estrela.

Quando o nosso Sol se tornar uma gigante vermelha, ele vai consumir os planetas Mercúrio e Vênus, e possivelmente a Terra. O Sol então começará a entrar em colapso novamente, e o hélio que restar será condensado em carbono e queimar por mais milhões de anos. Depois disto o Sol será uma super gigante vermelha a inchar, tanto quanto Júpiter. Com o tempo a estrela vai esfriar e formar uma anã branca, uma pequena mancha branca com os restos de um sistema solar e da nossa estrela.


Referências[editar | editar código-fonte]

NASA. A cromosfera — [1]
Col, Jeananda. Enchanted Learning/Zoom Astronomia [2] 1998-2005
Usborne Internet-Linked Encyclopedia Ciência, Usborne Publishing Ltd. ISBN 0794503314 [3]
Dickinson, Terrence.The Universe and Beyond. Firefly Books ISBN 1552093611