Aplicativos em PHP/Referências/Linux

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Índice

Linux na Wikipedia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Linux

Linux refere-se a qualquer sistema operacional do tipo Unix que utiliza o núcleo Linux. É um dos mais proeminentes exemplos de desenvolvimento com código aberto e de software livre. O seu código fonte está disponível sob GPL para qualquer pessoa utilizar, estudar, modificar e distribuir livremente.

GNU/Linux refere-se a qualquer sistema operacional do tipo Unix que utiliza o núcleo Linux e também os programas de sistema GNU. Como os casos de sistemas de núcleo Linux sem os programas de sistema GNU são raros, freqüentemente GNU/Linux e Linux são sinônimos.

Inicialmente desenvolvido e utilizado por nichos de entusiastas em computadores pessoais, o sistema Linux passou a ter a colaboração de grandes empresas, como a IBM, a Sun Microsystems, a Hewlett-Packard, e a Novell, ascendendo como principal sistema operacional para servidores -- oito dos dez serviços de hospedagem mais confiáveis da Internet utilizam o sistema Linux em seus servidores web.

Linux tornou-se o sistema capaz de funcionar no maior número de arquiteturas computacionais possíveis. É utilizado em aparelhos variando desde supercomputadores, até celulares, e vem ganhando popularidade no mercado de computadores pessoais.


Instalação do Ubuntu 6.06


Esta instalação refere-se à versão 6.06 do Ubuntu mas é semelhante às versões posteriores, pelo menos até a versão 7.04:


Nesta instalação considera-se que já temos o windows instalado na máquina, o que representa alguma diferença.

Alerta: no caso de se ter dados importantes no HD, quando se deve fazer backup em CD ou de outro tipo de mídia, pois no momento do particionamento sempre se corre o risco de excluir acidentalmente e indevidamente alguma ou todas as partições.

Caso não existisse o Windows, uma sugestão para um HD de 80 GB seria:

1 - swap (512 MB)

2 - / (raiz, 20 GB)

3 - /home (restante)

A partição home funciona como backup e sempre que se precisar formatar a raiz, preservar a home.


Instalação

1 - Dar boot com CD no drive (com boot pelo CD habilitado)

2 - No primeiro menu texto que aparece apensa tecle Enter e aguarde

3 - Quando entrar no ambiente gráfico e estiver pronto, clique no botão Install

4 - Idioma - Selecionar e avançar

5 - Fuso Horário - Selecione com o mouse e avance

6 - Teclado - Selecione e avance

7 - Usuário - Entre com nome, login, senha e nome do computador (importante somente se numa rede) e avançar

8 - Tipo de Instalação

- Editar manualmente a tabela de partições

Observação - Para HD virgem escolha a primeira opção

9 - Preparar Partição

Caso queira rdimensionar alguma partição, selecione-a e com o botão direito escolha redimensionar

Avançar

10 - Preparar Pontos de Montagem

Caso seu HD tenha partição que deseja preservar fique muito atento nesta etapa, especialmente deverá identificar as partições que não deseja reformatar.

Caso esteja em dúvida:

- Acesse o segundo terminal com "Ctrl+Alt+F2"

- Digite: "sudo fdisk -l"

- Anote o número das partições

- Volte para o terminal gráfico com "Ctrl+Alt+F7"


Somente após escolher com segurança os pontos de montagem marque os checkboxs Reformatar.


Caso seu HD seja virgem ou não tenha nada para preservar e não saiba o que fazer, uma sugestão é:


1 - swap (512 MB)

2 - / (raiz, 20 GB)

3 - /home (restante)

11 - Pronto para Instalar

Mais uma oportunidade para checar as partições que serão reformatadas.

Verifique e em caso de engano volte e corrija.

Clique em Install e aguarde...

12 - Instalação Finalizada

Clique em Reiniciar agora

Quando o CD for ejetado, remova- e tecle Enter

13 - Logo no primeiro login (se conectado à Internet) poderá realizar as atualizações clicando no pequeno botão laranja.

14 - Realização de algumas configurações restantes:

- Sistema - Administração - Rede

15 - Instalar alguns programas extras:

Adicionar/Remover (lembre de marcar os dois checkbox: Instalar programas não suportados e Instalar programas ...)

K3B - Gravação de CD/DVD

KolourPaint


Instalando o Ubuntu no HD com Windows

http://andregondim.eti.br/?p=21


Instalação do GParted (particionador)

Tutorial Passo-a-passo de Uso do Gparted

O Gparted é um particionador free que oferece um liveCD para esta função.

Suporta diversos tipos de sistemas de arquivos: ext2, ext3, raiserfs, ntfs, fat32, etc.

A distribuição do liveCD é o Slackware e o iso tem apenas 27,9MB.


Site oficial - http://gparted.sourceforge.net/

Live CD - http://gparted.sourceforge.net/livecd.php


Aqui vou considerar que tenho dois HDs e pretendo excluir todas as partições de um e criar uma única.

O primeiro HD está como master na porta primária, portanto o hda no Linux.

O segundo HD está como master na secundária, portanto hdc. Muito cuidado no momento de excluir as partições, para selecionar o HD correto.


1 - Dar boot com o liveCD

2 - Ao surgir o prompt apenas tecle Enter

3 - Language

Selecione portuguese e Enter

4 - Keymap

Selecione querty/br-abnt2.map para tipo ABNT2

5 - Display depth

Apenas Enter

6 - XRES

Enter e aguarde...

7 - Acima e à direita existe uma combo contendo os HDs existentes. Por default aparece o hda. No meu caso vou selecionar o hdc.

- Esta é a etapa em que também podemos redimensionar alguma partição. Para isso apenas selecionamos a partição e clicamos sobre a mesma com o botão direito e Resize/Move.

Então clicamos na seta para a direita e arrastamos até o tamanho desejado. E clicamos em Aplicar.

- Muita atenção nesta etapa para realmente selecionar o HD correto.

- Selecionar cada uma das partições a Apagar e clicar em Apagar.

- Caso tenha partições estendidas, antes deve apagar todas as suas partições lógicas e só então excluir a estendida.

- Após excluir todas clicar em Aplicar, confirmar e Fechar.

- Então selecionar o espaço "unallocated" e clicar em Novo.

- Podemos informar o tamanho da nova partição ou aceitar o total

- Podemos também selecionar o tipo de sistema de arquivos

- Finalmente clicar em Aplicar, confirmar e Fechar

8 - Clicar no menu GParted e Sair

9 - Clicar no botão vermelho do canto direito

10 - Selecionar a opção Eject e Reboot e OK

11 - Caso não ocorra a reinicialização pressione o botão de reset.


Pronto, seu HD está particionado.


Dicas sobre o Linux Ubuntu 7.10

Instalar Impressora via Rede

- Sistema - Administração - Impressão

- Clique em Nova Impressora

- O protocolo mais prático que vi foi "Internet Printing Protocol", onde apenas indicamos o IP da máquina que tem a impressora a ser utilizada pelas demais.


Compartilhar Arquivos e Diretórios

No Computador que tem a pasta a ser compartilhada:

- Certifique-se de que o computador esteja devidamente configurado na rede, com IP e nome

 - Sistema - Administração - Rede
 - Selecione a placa e clique em Geral (anote o nome do micro e o domínio)

- Sistema - Administração - Pastas Compartilhadas Caso ele sugira a instalação dos arquivos necessários, aceite e espere a instalação.


- Sistema - Administração - Pastas Compartilhadas

- Em Propriedades Gerais certifique-se de que está no domínio ou grupo adequado

- Clique em +Adicionar e em Caminho clique em Outra e indique o diretório a compartilhar

- Compartilhar através de, deixe Rede Windows SMB

- Em Comentário digite o nome do usuário do computador (por exemplo) e clique em OK

No computador que irá acessar os arquivos compartilhados:

- Clique em Locais - Rede

- Então clique na máquina que tem a pasta compartilhada e acesse os arquivos


Realmente, a cada dia o Ubuntu fica mais amigável.


Adicionar diretório ao PATH

Encontrada numa lista sobre Ubuntu.

Sobre a variável PATH, se ela não está em /etc/profile ou está em /etc/bash.bashrc ou em /etc/environment. Considerando que você use bash como shell. Se você quiser mudar só para um usuário veja os arquivos ~/.bash_profile e ~/.bashrc.

Abraço, Gustavo Noronha Silva <kov em debian.org>


Instalando Driver ATI e Nvidia no Ubuntu com o Envy

http://andregondim.eti.br/?p=138


Estas dicas também se aplicam à quase todas as distribuições baseadas na distribuição Debian.

Site oficial do Ubuntu - http://www.ubuntulinux.org


Formatar Pendrive

sudo umount /dev/sda1

sudo mkdosfs -F 32 -n Tiago /dev/sda1 (Tiago é o nome do volume)

Ou podemos usar o fdisk para remover e criar novamente a partição


Usando apt - Gerencia pacotes dos repositórios (instala, remove, etc)


- Para Adicionar um Repositório com sua Chave pública (gpg):

Exemplo: adicionar o repositório do pgadmin:

Edite o script

sudo gedit /etc/apt/sources.list

Adiciona a linha do repositório abaixo:

deb ftp://ftp12.us.postgresql.org/postgresql/pgadmin3/release/ubuntu feisty pgadmin

Faça o download do arquivo da chave:

http://www.pgadmin.org/pgp/archive_key_debian_ubuntu.gpg

Copie para o /etc/apt e então execute o comando para adicionar a chave:

sudo apt-key add /etc/apt/archive_key_debian_ubuntu.gpg

Agora execute o comando para atualizar a lista de repositórios:

sudo apt-get update

Então poderá fazer o download da versão mais recente do pgadmin3 com:

sudo apt-get install pgadmin3


- Instalar pacote, inclusive dependências. Podemos usar * no nome:

sudo apt-get install nomepacote


- Atualiza lista de repositórios

sudo apt-get update


- Atualiza todos os pacotes da distribuição

sudo apt-get upgrade


- Atualiza todos os pacotes da distribuição para uma nova versão

sudo apt-get dist-upgrade


Desinstalar pacote

sudo apt-get remove nomepacote


Remover pacote e seus scripts de configuração

apt-get --purge remove nomepacote


Instalar xorg e dependências

sudo apt-get build-dep xserver-xorg


Instalando dependências

sudo apt-get install -y nomedependeicia1 nomedependeicia2


Corrigir Falhas nos Arquivos Instalados

sudo apt-get install -f


Procurar ocorrências de nome nos repositórios

sudo apt-cache search nome


Exibir informações sobre o pacote

sudo apt-cache show package


Exibir informações sobre as dependências do pacote

sudo apt-cache depends package


Instalar GCC e cia

sudo apt-get install build-essential

sudo apt-get install g++-3.4 export CC=/usr/bin/gcc-3.4 sudo apt-get install linux-headers-$(uname -r)


Suporte a Java no Mozilla

sudo apt-get install j2re1.4-mozilla-plugin


Suporte a Flash no Firefox

sudo apt-get install swf-player


Instalar fontes do Java

sudo apt-get source java-package


Remover configurações e remover o pacote

sudo apt-get --purge remove nomepacote


Atualizar Firefox no Ubuntu para pt-br

sudo apt-get install mozilla-firefox-locale-pt-br


Remover arquivos não mais necessários

sudo apt-get autoremove


Usando dpkg

Instala pacotes localmente. Antes devemos ter feito download dos pacotes .deb


dpkg -i nomepacote.deb // Instalar pacote

dpkg -r nomepacote.deb // Desinstalar pacote

dpkg-deb --contents nomepacote.deb // Exibir o conteúdo de um pacote

dpkg-deb -x nomepacote.deb // Extrai o conteúdo de um pacote

dpkg-reconfigure xserver-xorg //RECONFIGURAR PLACA DE VÍDEO (ambiente gráfico)

dpkg --purge nomepacote // Remove inclusive scripts de configuração

dpkg --search nomearquivo // Procurar em que pacote está um arquivo


URL sobre dpkg - http://pt.wikipedia.org/wiki/Dpkg

Repositório de todos os pacotes do Ubuntu, com pacotes .deb (muito bom):

http://packages.ubuntulinux.org/

- Digite o nome do pacote em Keywork

- Clique em Search

- Clique no link mais adequado à sua busca

- Role a tela e clique na sua arquitetura. Algumas vezes All.

- Clique agora num dos espelhos de pacotes para fazer o download.


Criação de Disquete de Boot

fdformat /dev/fd0

ou

mformat a:

dd if=bootfloppy-usb.img of=/dev/fd0 bs=8192

dd if=boot.img of=/dev/fd0 bs=1024 conv=sync ; sync

dd if=bootfloppy-usb.img of=/dev/fd0 bs=36b


Criando o disco de boot automaticamente

grub-floppy /dev/fd0


Manualmente

cd /lib/grub/i386-pc

dd if=stage1 of=/dev/fd0 bs=512 count=1

dd if=stage2 of=/dev/fd0 bs=512 seek=1


Converter utf-8 para iso8859-1

No linux

iconv -f utf-8 -t iso8859-1 arquivo


Reinstalando o GRUB

grub-install /dev/hda


Identificando Distribuição

dmesg | head -1

sudo cat /proc/version

cat /etc/issue

Dicas do Fábio B. Pinto para as ótimas Dicas-L


Multimídia

Conversor de Vários Formatos de Vídeo/Som

sudo apt-get install soundkonverter


Converter Wav para MP3

sudo apt-get install audacity

For windows free - http://www.vuplayer.com e http://www.mediamonkey.com/download.htm


HOW-TO rodar Adobe Photoshop CS2 on Ubuntu

http://blog.publicidadpixelada.com/2006/10/10/how-to-adobe-photoshop-cs2-on-ubuntu-10-steps/


VLC - Player com diversos codecs

apt-get install vlc

apt-get install mozilla-plugin-vlc


K3B com plugins

sudo apt-get install k3b libk3b2-mp3 k3b-i18n

sudo apt-get install normalize-audio toolame movixmaker-2

sudo apt-get install vcdimager vorbis-tools sox transcode

sudo ln -s /usr/bin/normalize-audio /usr/bin/normalize


Renomeando nomes de arquivos com diferentes codificações

apt-get install convmv

convmv -f iso-8859-1 -t UTF-8 ação.txt --notest

Renomeará para ação.txt


CODECS extras para o Ubuntu

Instalar todos os pacotes sugeridos em:

https://wiki.ubuntu.com/RestrictedFormats?highlight=%28codecs%29%7C%28format%29

sudo apt-get install wget

wget -c http://www.debian-multimedia.org/pool/main/w/w32codecs/w32codecs_20061022-0.0_i386.deb

sudo dpkg -i w32codecs/w32codecs_20061022-0.0_i386.deb

sudo apt-get install gstreamer0.10-pitfdll gstreamer0.10-ffmpeg gstreamer0.10-plugins-bad gstreamer0.10-plugins-bad-multiverse gstreamer0.10-plugins-ugly gstreamer0.10-plugins-ugly-multiverse gxine libxine-main1 libxine-extracodecs ogle ogle-gui


Tocando MP3 no Ubuntu (e outras distros) - da Dicas-L Colaboração: Henrique Meira

O Ubuntu (e outras distros) por padrão não toca som MP3, para resolver isto basta instalar um plugin do GStreamer do conjunto "ugly".

No Ubuntu, você pode abrir o Gerenciador de Pacotes Synaptic e tentar localizar o pacote 'gstreamer0.10-plugins-ugly'.

Ou via linha de comando:

apt-get install gstreamer0.10-plugins-ugly

Este pacote está na seção Universe.

E isso já resolve tudo, já pode abrir o Rhythmbox por exemplo e ouvir suas músicas.


Criar imagem ISO de arquivos ou diretório

mkisofs -r -o nomedaimagem.iso /caminho/diretorioorigem/


Gravação de CD (ISO) via linha de comando

cdrecord dev=/dev/cdrw -v -eject nomeimagem.iso


Criando Imagem ISO via linha de comando

dd if=/dev/cdrw of=nomeimagem.iso


Montar Imagem ISO em partição

mount -o loop nomeimagem.iso /dev/hda3


Renomeando Múltiplos Arquivos via Shell

Colaboração: Euriam Barros de Araujo

Em algumas ocasiões, necessitamos renomear vários arquivos que possuem um determinado padrão.

Para facilitar este trabalho, segue o script abaixo:

 for i in `ls files`
 do 
  x=${i#*left_padrao}
  y=${x%right_padrao*}
  z=${i%file_name*}
  mv $i $y-$z.extensao
 done


Variáveis:

   * x: armazena a partir do padrão, removendo tudo à esquerda do mesmo
   * y: armazena o padrão, removendo tudo à direta do mesmo contido em x
   * z: armazena o nome do arquivo, exceto o padrão e sua extensão
     ==Exemplo:==

No diretório atual existem os arquivos abaixo e se deseja deslocar o tipo do trabalho para o início do arquivo:

       trabalho-A.sxw
       trabalho-B.sxw
       trabalho-C.sxw
       trabalho-D.sxw
       
       for i in `ls trabalho*`
       do 
        x=${i#*-}
        y=${x%.*}
        z=${i%-[A-D]*}
        mv $i $y-$z.sxw
       done


Renomeando Múltiplos Arquivos via Batch do DOS/Windows:

ren *.html *.php


Codificação de caracteres no Ubuntu Edgy:

Pesquisando na internet, reuni algumas dicas as quais funcionaram bem no meu computador.

1. Instalar locale com encoding pt_BR.ISO-8859-1:

sudo /usr/share/locales/install-language-pack pt_BR

2. Alterar o arquivo /etc/environment para:

LANG="pt_BR.ISO-8859-1"

3. Reconfigurar locales:

sudo dpkg-reconfigure locales

Lembrar de reiniciar o X para que as alterações tenham efeito.

Após restartar acessar um terminal e digitar:

locale

Para verificar como estão.

Julio Neto


Codificação de caracteres no Ubuntu 6.06

sudo /usr/share/locales/install-language-pack pt_BR

Instalar o arquivo localeconf:

sudo apt-get install localeconf

Rodar:

sudo dpkg-reconfigure localeconf

sim

ok

pt_BR ISO-8859-1

OK

Marcar todos

Em todos os próximos selecionar pt_BR ISO-8859-1

Restartar o ambiente gráfico.

Após restartar acessar um terminal e digitar:

locale

Para verificar como estão.

Julio Neto


Execução periódica de programa em linha de comando usando comando 'watch'

Caso você queira listar continuamente o conteúdo de um diretório para sua monitoração, basta digitar:

 % watch -n 1 'ls -l'

Com a opção '-n' você pode especificar de quanto em quanto tempo o comando será executado pelo 'watch'.

Ao executar o comando acima, ele mostrará no topo da tela o comando que está em execução, data, e horário em tempo real, bem como a saída do comando logo abaixo.

Outro exemplo útil:

Mostrar os usuários logados no samba em tempo real:

 % watch -n 1 'smbstatus -b'


Seleção de Faixa Vertical de Texto com vim ou gvim

Um recurso muito útil e raro nos editores de texto e processadores inclusive.

Exemplo de uso: baixei um arquivo cujas linhas são numeradas e gostaria de remover somente os números das linhas.

- Abra o arquivo no vim ou gvim

- Posicione o cursor no ínicio da faixa

- Tecle Ctrl+v

- Mova o cursor para o final da faixa

- Tecle Ctrl+v novamente

- Com o cursor para baixo mova até onde deseja selecionar


Listando 10 maiores diretórios por ordem decrescente

du -s * | sort -rn | head -10

O "du -s *" cria uma lista com os tamanhos e nomes dos objetos no diretório corrente - no caso de diretórios o tamanho dos objetos dentro dele serão somados (parametro "-s") , o "sort -rn" pega a lista gerada pelo du e ordena a primeira coluna na forma numérica (o "-n") e de forma inversa (o parametro "-r") e o "head -10" mostra somente as 10 primeiras linhas.

Assim se você vai caçar comedores de disco em uma conta, talvez seja melhor utilizar a construção (inclusive ocultos)

du -s `ls -A` | sort -rn | head -10

Nessa linha de trocar a expansão por uma lista, o céu torna-se o limite


Rodando Java 5

Instalar pelo Synaptic o Java JDK 5 da Sun

Procurar por sun e marcar sun-java5-jdk

Após isso exportar a variável de ambiente com:

export JAVA_HOME=/usr/lib/jvm/java-1.5.0-sun-1.5.0.06/

Que versão do Java Utilizar? Execute e selecione a versão desejada:

sudo update-alternatives --config java


Uso do RAR na linha de comando do Linux:

rar a destino.rar /origem/* -m0 -v1495m

onde: 0 é o nível de compactação (0 - 5)

1495 é o tamanho dos arquivos em MBytes

Dica de: Ricardo de Miranda Amorim - Engenheiro de Computação


Teclas de Atalho no Ubuntu

- Criar lançador para gconf-editor

- Executar

- Expandir apps

- Rolar e expandir metacity

- Clicar em global_keybindings à esquerda

- À direita clicar em run_command_1 e na mesma linha abaixo de Valor digitar a

 combinação de teclas para o programa a abrir, como por exemplo <Control><Alt>k

- Clicar em keybinding_commands e à direita digitar o nome do comando (se no path)

 ou o caminho completo (exemplo kolourpaint).  


Editor de texto amigável para o prompt

nano

ou

mcedit (do pacote mc: sudo apt-get install mc)


Adicionar Senha de Root

sudo passwd root

Entrar com a senha de usuário (administrador)

Depois entrar com a senha de root e repetir.


Usar root temporariamente

sudo -s


Configurar Problemas de Acentuação

(somente para a versão 5.10):

Abrir o terminal, maximizar a tela e executar:

sudo dpkg-reconfigure locales

Desmarcar todos os itens e marcar apenas "Pt_BR-ISO 8859-1"


Alterar IP pela console

/etc/network/interfaces

Após alterar:

ifdown eth0

ifup eth0


Localizar Arquivos Rapidamente

sudo updatedb (executar apenas quando houver instalado ou desinstalado algo)

locate nomearquivo


Outra alternativa

whereis nomecomando (só funciona para comandos executáveis do sistema operacional)


Bom Player de Filmes, MP3 e MP4

sudo apt-get install mplayer


Ativar DMA para o CDROM

hdparm -d1 /dev/cdrom


Para Instalar K3B dos Fontes

instalar xlibs-dev e kdebase-dev

apt-get install xlibs-dev

apt-get install kdebase-dev

Depois disso baixar os fontes, descompactar e compilar do site oficial.


Audotoria de Hardware

kinfocenter

sudo apt-get install hwinfo

Executar:

hwinfo --short > maquina.txt (Gera o arquivo com o hardware)

Outro bom:

sudo lshw > maquina.txt

Informações do hardware:

cat /proc/ide/hda/model

cat /proc/ide/hda/capacity

cat /proc/meminfo | grep MemTotal

cat /proc/cpuinfo


lspci

lspci -v

lspci -vv


ifconfig -a (dados da placa de rede)

netstat -na (quem está conectado nesta máquina)

netstat -nputa (portas e PID)

ntop -A (para dar uma senha)

ntop (informações da rede)

smbstatus - status do samba

dmesg |less


Listando Todas as Partições do Micro

sudo fdisk -l


Lista de Dispositivos PCIs

http://pciids.sourceforge.net/


- Guia Introdutório do Linux II

Tecla Windows no gnome e Outras teclas de atalho

http://www.dicas-l.com.br/print/20051125.html

Guia do ubuntu Linux

http://web.archive.org/20070701202029/grubelilo.blogspot.com/2007/06/e-book-guia-do-ubuntu-linux.html


Configurando um servidor de email com Postfix e outros

- Configurando um servidor de email com Postfix, MySQL, SASL, MailScanner e MailWatch no CentOS


Dicas Sobre Pendrives, MP3, Câmeras e cia


Slax no Pendrive

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/impressora.php?codigo=8383


Formatando e Consertando o Pendrive no Linux

http://br-net.org/post/formatando-o-pendrive-no-linux


Recuperando dados e fotos de câmeras digitais e pen drives

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=8706 -


Formatar Pendrive

Verifique onde seu pendrive está montado inserindo-o na porta e executando o comando "df".

sudo umount /dev/sdb1

sudo mkdosfs -F 32 -n Tiago /dev/sdb1 (Tiago é o nome do volume)

Ou podemos usar o fdisk para remover e criar novamente a partição


Instalando o Slax no pendrive. Fácil, funcional e corrigido

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=8383

Permissões - referência rápida

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=6420


Sistema de Vigilância Digital com ZoneMinder

http://www.guiadohardware.net/tutoriais/sistema-vigilancia-zoneminder/


Gravar CD de música pelo K3B

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/impressora.php?codigo=8742


Evitando gargalos de hardware

http://web.archive.org/20071110225612/canecas.blogspot.com/2007/06/sucata-iv-evitando-gargalos-de-hardware.html


VirtualBox Opção Livre para Virtualização


Tutorial de uso

http://localdomain.wordpress.com/2007/06/21/virtualbox/

Virtualizando com VirtualBox

Instalação e uso.

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=6540


Rodando o Linux dentro do Windows "nativamente"

http://www.guiadohardware.net/noticias/2007-07/#4699e75c


Fazendo uma conexão bridge no VirtualBox

Agora para depois de ter instalado e querer interagir com o sistema operacional hospedeiro.

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=6774


Personalizando a Tela de Login do Ubuntu 7.04

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/impressora.php?codigo=8822


Instalando sem complicações o Java no Ubuntu 6.06, 6.10 e 7.04

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=5502

http://blogetilico.wordpress.com/2007/01/24/instalacao-e-configuracao-java-jdk-no-ubuntu-610/

http://www.herbetferreira.com/instalando-jdk-6-no-ubuntu-704-the-feisty-fawn/


Guia de Inicialização de serviços no Linux - parte I

http://blog.riopro.com.br/2007/06/28/inicializacao-de-servicos-no-linux-parte-i/


Multimídia

Assista vídeos com suas suas músicas preferidas

Boa dica do Albert Guedes

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/impressora.php?codigo=8850


Dicas sobre Desempenho

P Q P, quem puxou o freio de mão?

Extenso artigo do Antonio Carlos Lemos Júnior no Viva o Linux

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/impressora.php?codigo=6046


Dicas Diversas

Listando diretórios e arquivos

http://www.vivaolinux.com.br/dicas/impressora.php?codigo=8855


Seleção Vertical no Vim


- Abrir o arquivo

- Mover o cursor para onde desejamos iniciar a seleção

- Teclar "v" para iniciar o modo visiual

- Mover o curror na horizontal para selecionar a faixa que desejamos excluir

- Ao chegar no final da faixa teclar Ctrl+v

- Teclar DEL


Assim removemos uma faixa vertical de um texto.

No Windows também podemos usar esta dica com o gvim for windows.

Shell Scripts

Programando em shell-script (por Hugo Cisneiros)

http://www.devin.com.br/eitch/shell_script/