A cidade do Rio de Janeiro no século dezesseis/Introdução

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Margem esquerda da entrada da Baía de Guanabara. Em primeiro plano, podem ser vistos a Ilha da Laje e o Morro Cara de Cão. Ao fundo, o Morro do Pão de Açúcar e o da Urca.

No século XVI, acontecimentos épicos determinaram a fundação da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro pelos portugueses na margem esquerda da entrada da Baía de Guanabara. Ao contrário da cultura carioca (termo de origem tupi que designa o natural da cidade do Rio de Janeiro) contemporânea, a qual apresenta grande influência africana, a cidade do Rio de Janeiro desse século não tinha ainda praticamente nenhuma influência africana, pois os escravos negros só começariam a chegar na cidade no final do século. Durante todo o século XVI, a cidade do Rio de Janeiro teve como influências culturais básicas a cultura indígena e a cultura europeia.