Português/Classificação das palavras/Artigos

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

O artigo é uma classe de palavras que pode ter função sintática em alguns casos muito importante na frase, outras vezes nem tanto (já que é um adjunto adnominal - um termo acessório à oração). O artigo, em morfologia, é um determinante (acompanha substantivos). Dão algumas informações ao substantivo, tais como o gênero, o número e a importância. Por modificarem um substantivo, possuem função adjetiva.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Na língua portuguesa, existem ao total, oito artigos. São eles:

Artigos definidos
masculino feminino
singular
o
a
plural
os
as
Artigos indefinidos
masculino feminino
singular
um
uma
plural
uns
umas

Exemplos:

  • o livro
  • os livros
  • um livro
  • uns livros
  • a casa
  • as casas
  • uma casa
  • umas casas
  • o homem
  • os homens
  • um homem
  • uns homens
  • a mulher
  • as mulheres
  • uma mulher
  • umas mulheres

Funções[editar | editar código-fonte]

  • O artigo sempre acompanha o substantivo (podendo este estar tanto antes como depois dos adjuntos adnominais), concordando com ele e indicando a ele o gênero e o número (é facultativo o uso destes quando juntos a substantivos próprios ou preposições - no caso das preposições, quando é algo comum a todas as coisas de determinada espécie). Antes de certos determinantes, não ocorre seu uso:
A raça humana evoluiu com o tempo.
Os cogumelos são os corpos de frutificação de vários fungos.
Uns gostam, outros não.
  • Na língua portuguesa, há artigos definidos e indefinidos que indicam, respectivamente, se o substantivo se refere a uma coisa específica (o, a, os, as) ou se, por outro lado, se refere a qualquer coisa pouco clara, que pode ser aleatoriamente nomeada (um, uma, uns e umas):
uns dias estará curado. (não se sabe a quantidade exata de dias)
Este foi o melhor acontecimento que me ocorreu. (sabe-se que foi um acontecimento único, o melhor)
  • Varia em número (singular e plural) e em gênero (masculino e feminino) sem exceção, formando a concordância nominal com todos os substantivos, inclusive os do sobrecomum e do epiceno:
As árvores foram cortadas.
A corrente marítima carrega a água de uma temperatura a locais de diferentes temperaturas.
  • Antes de substantivos no predicativo, é utilizado para seu sentido maximizar ou rebaixar:
Ele era o atacante e não um atacante.
Não foi qualquer evento, mas o evento.
Tu leste o livro antes das seis horas?
A minha vida passou nos meus olhos num segundo.
Tiveram (a) sorte?
Entrei em (umas) lojas.
  • Podem estar referidos a substantivos que estão na forma elíptica:
Fecharemos às 7 (horas).
  • Não são usados quando os substantivos já estão determinados:
Estas cerejas estão muito doces.
De todos que tinham, aqueles carros eram os mais belos.
  • Substantivam palavras (transformam qualquer palavra em substantivo):
Qual o porquê disto?