Alemão/Curso/Básico/Lição 1

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Alemão‎ | Curso‎ | Básico
Ir para: navegação, pesquisa

Casos gramaticais e declinação[editar | editar código-fonte]

Nota: São necessários conhecimentos básicos a respeito de análise sintática e dos termos essenciais, integrantes e acessórios da oração.

Em gramática, caso gramatical é como se chama a função de uma palavra (ou expressão) em relação às palavras (ou expressões)que a envolvem. A título de exemplo, segue a análise dos casos de uma frase.

"Aquela família comprou para a filha um grande presente da marca famosa na loja cheia, com cheque."
Caso gramatical Função Expressão
Caso nominativo/reto sujeito Aquela família
comprou
Caso dativo destinatário para a filha
Caso acusativo objeto direto um grande presente
Caso genitivo posse da marca famosa
Caso locativo lugar na loja cheia
Caso instrumental instrumento, ferramenta com cheque

Às vezes as palavras mudam dependendo do caso em que se encontram, num processo chamado de declinação. Em português, é um fenômeno extremamente raro. Como é mais fácil explicar através de exemplos, seguem duas frases em que o processo de declinação é evidente:

Eu conheço o escritor.

Se "eu" deixasse de ser sujeito (quando "o escritor" não for quem "é conhecido", mas quem "conhece"), a frase ficaria:

O escritor me conhece.

Se "eu" e "me" têm o mesmo significado, por que são palavras diferentes? Pois têm funções diferentes: "eu" é o sujeito (caso reto) e que "me" é o objeto direto (caso oblíquo).

Em português, apenas os pronomes pessoais passam pelo processo exemplificado acima (a declinação). A gramática portuguesa classifica os pronomes em apenas dois casos: o caso reto, que é o sujeito de um verbo, e o caso oblíquo, que indica qualquer função que não a do caso reto.

Como visto acima, a classificação em caso oblíquo é muito genérica. Para especificar mais, pode-se dizer que "me" está no caso acusativo – o caso acusativo indica o objeto direto de um verbo.

Em alemão não são só os pronomes que sofrem declinação: os substantivos, os adjetivos e os artigos também sofrem. A gramática alemã classifica as palavras em quatro casos: o caso nominativo (é apenas outro nome do caso reto), caso acusativo (objeto direto de um verbo), caso dativo (destinatário) e caso genitivo (posse).

Os casos gramaticais serão estudados gradualmente durante o curso de alemão.

Caso nominativo[editar | editar código-fonte]

"Ich wohne in der Haupstadt des Bundesstaates Paraná."
A declinação é muito versátil, além de evitar ambiguidades.

O primeiro caso gramatical a ser estudado é o caso nominativo. O caso nominativo indica o sujeito e o predicativo do sujeito. Normalmente a forma apresentada como título em dicionários e enciclopédias está no caso nominativo.

Pronomes pessoais[editar | editar código-fonte]

Os pronomes pessoais do caso nominativo são equivalentes aos pronomes pessoais do caso reto em português. São eles:

  • ich (eu)
  • du (você, tu)
  • er (ele – masculino)
  • sie (ela – feminino)
  • es (ele, ela – neutro)
  • wir (nós)
  • ihr (vocês, vós)
  • sie (eles, elas)
  • Sie (O senhor , A senhora"– tratamento formal)

Verbo "sein"[editar | editar código-fonte]

No alemão, como em todos os idiomas germânicos modernos, não há diferença entre "ser" e "estar". Então um único verbo alemão, o verbo sein (záin), pode significar tanto uma coisa quanto outra. No presente do indicativo (alemão: Präsens Indikativ), o verbo "sein" conjuga-se da seguinte forma:

sein (ser/estar)
Alemão Português
ich bin eu sou/estou
du bist tu és/estás
er/sie/es ist ele/ela é/está
wir sind nós somos/estamos
ihr seid vós sois/estais
sie sind eles/elas são/estão

Exemplos de frases básicas:

Du bist schön. (você é bonito/bonita.)
Du bist chœne.
Sie ist Ausländerin. (ela é estrangeira.)
Zi ist auslenderin.
Sie sind Ausländer. (eles são estrangeiros.)
Zi zint auslender.
Das ist meins. (isto é meu.)
Das ist mains.

Para fazer perguntas, é obrigatório colocar o verbo no começo da frase. Seguem as mesmas frases de exemplo acima, transformadas em perguntas:

Bist du schön? (você é bonito/bonita?)
Bist du chœne?
Ist sie hier? (ela está aqui?)
Ist zi hiâr?
Sind sie Ausländer? (eles são estrangeiros?)
Zint zi auslender?
Ist das meins? (isto é meu?)
Ist das mains?

Existem duas formas de fazer perguntas: W-Frage ou Ja/Nein-Frage. Esta indicada a cima é a Ja/Nein-Frage. Que deve ser respondida simplesmente com "Ja" ou "Nein".

Adjetivos no predicativo[editar | editar código-fonte]

Para usar adjetivos com o verbo "sein", o adjetivo não se flexiona – ou seja, usa-se a mesma forma do adjetivo independendo do sujeito. Portanto:

Ich bin glücklich. (eu estou feliz.)
Du bist glücklich. (você está feliz.)
Er/sie ist glücklich. (ele/ela está feliz.)
Wir sind glücklich. (nós estamos felizes.)
Ihr seid glücklich. (vocês estão felizes.)
Sie sind glücklich. (eles/elas estão felizes.)

Gêneros[editar | editar código-fonte]

"der", "die" e "das"
Os gêneros gramaticais são um ponto muito importante na língua alemã.

As palavras em português podem ser ora masculinas, ora femininas. Isso chama-se gênero gramatical. Em alemão, além do feminino e do masculino, existe um terceiro gênero, o neutro.

O gênero das palavras alemãs nem sempre é o mesmo das palavras correspondentes portuguesas. Por exemplo, a palavra "mesa", em português, é feminina, enquanto sua equivalente em alemão, "Tisch", é masculina.

Como não há regra para determinar o gênero de uma palavra, é necessário aprendê-lo junto com a própria palavra. Assim sendo, costuma-se, para facilitar a compreensão, ensinar os substantivos acompanhados dos artigos correspondentes: "der" para as palavras masculinas, "die" para as femininas e "das" para as neutras.

Artigo[editar | editar código-fonte]

Nesse módulo, você aprenderá os artigos no caso nominativo. Saber os artigos é muito importante, pois com eles é possível saber o gênero dos substantivos que os acompanham, além de seus casos gramaticais.


bestimmter Artikel (artigo definido)
Caso Masculino Feminino Neutro Plural
Nominativo der die das die
Acusativo

den

die das die
Dativo

dem

der dem den
Genitivo

des

der des der

Para os artigos indefinidos, não há plural.


unbestimmter Artikel (artigo indefinido)
Caso Masculino Feminino Neutro Plural
Nominativo ein eine ein -
Acusativo

einen

eine ein -
Dativo

einem

einer einem -
Genitivo

eines

einer eines -

Além dos artigos definidos e indefinidos, há um pronome que sofre uma declinação semelhante à do artigo indefinido (acrescida de formas no plural). Apesar de ser um pronome, didaticamente, costuma-se chamá-lo de "artigo negativo". Equivale à palavra "nenhum" (e às suas formas flexionadas – "nenhuma", "nenhuns", "nenhumas"). São eles:


Nullartikel (artigo negativo)
Caso Masculino Feminino Neutro Plural
Nominativo kein keine kein keine
Acusativo

keinen

keine kein keine
Dativo

keinem

keiner keinem keinen
Genitivo

keines

keiner keines keiner

Substantivos[editar | editar código-fonte]

Os substantivos podem ser masculinos, femininos ou neutros. É costume que se aprendam substantivos acompanhados dos seus artigos correspondentes, para ajudar a lembrar o gênero a que pertencem. Também é costume ensiná-los acompanhados da a terminação do genitivo singular e do nominativo plural. São escritos sempre com a inicial maiúscula.

Este é um dos Melhores do Wikilivros.


Crystal Clear action edit.png

Esta página foi eleita pelos colaboradores como uma das melhores do Wikilivros. Para mais informações, consulte a página de votações.