Islandês/Curso/Lição 14

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Islandês‎ | Curso(Redirecionado de Islandês/Curso/Lição14)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Como já vimos, existem quatro casos. Você terá que se acostumar a ver em livros de gramática islandesa suas formas em islandês:

  • Nominativo – Nefnifall (Nf.)
  • Acusativo – Þolfall (Þf.)
  • Dativo – Þágufall (Þgf.)
  • Genitivo – Eignarfall (Ef.)

Cada verbo tem uma (ou duas regências); e isso significa que cada verbo deve ser seguido por uma palavra em determinado caso. Por exemplo, o verbo að elska (amar) rege (ou governa) o caso acusativo, isto é, depois de elska deve-se usar uma palavra no acusativo.

A seguir, há uma lista dos verbos mais comuns no idioma islandês com seus casos:

Acusativo (Þolfall)[editar | editar código-fonte]

  • ákveða - decidir
  • bera - carregar
  • biðja - perguntar
  • birta - mostrar
  • búa - viver
  • byrja - começar
  • draga - empurrar
  • eiga - ter
  • fara - ir
  • fá - conseguir
  • fela - esconder, ocultar
  • finna - encontrar
  • flytja - transportar
  • færa - trazer
  • gera - fazer
  • grípa - agarrar
  • hafa - ter, segurar
  • heyra - ouvir
  • hugsa - pensar, acreditar
  • kalla - gritar, nomear
  • kaupa - comprar
  • láta - pôr, agir, deixar
  • leiða - guiar
  • lesa - ler
  • lifa - viver, sobreviver
  • líða - tolerar, sofrer
  • líta - ver
  • læra - aprender, estudar
  • mega - permitir
  • minna - lembrar
  • muna - lembrar
  • nefna - nomear
  • nota - usar, aplicar
  • opna - abrir
  • reka - dirigir
  • reyna - tentar
  • ræða - falar
  • senda - enviar
  • setja - determinar
  • sitja - sentar
  • sjá - ver
  • skilja - entender
  • skrifa - escrever
  • sækja - atacar
  • telja - enumerar
  • vilja - querer
  • vinna - trabalhar
  • virða - respeitar
  • vita - saber
  • þekkja - reconhecer
  • ætla - planejar

Dativo (Þágufall)[editar | editar código-fonte]

  • bregða - mover
  • breyta - mudar, editar
  • fylgja - guiar
  • gleyma - esquecer
  • hætta - parar
  • koma - vir
  • ljúka - finalizar, fechar
  • ná - obter, pegar
  • skipta - dividir
  • svara - responder

Genitivo (Eignarfall)[editar | editar código-fonte]

  • bíða - esperar
  • leita - procurar

Casos Mistos[editar | editar código-fonte]

Acusativo-Genitivo (Þolfall-Eignarfall)[editar | editar código-fonte]

  • ganga - andar
  • þurfa - precisar, requerer
  • geta - adquirir (ac.) / mencionar (gen.)
  • hefja - começar (ac.) / perfurar (gen.)
  • spyrja - questionar (ac.) / inquirir (gen.)

Acusativo-Dativo (Þolfall-Þágufall)[editar | editar código-fonte]

  • veita - oferecer
  • bjóða - oferecer, convidar
  • gefa - dar
  • sýna - mostrar, exibir
  • bæta - melhorar (ac.) / adicionar (dat.)
  • halda - fazer (discurso, concerto, leitura) (ac.) / manter (dat.)
  • heita - chamar (ac.) / prometer (dat.)
  • kunna - saber (ac.) / gostar (dat.)
  • leggja - deitar, construir (ac.) / estacionar (dat.)
  • lýsa - iluminar (ac.) / manifestar (dat.)
  • ráða - empregar (ac.) / comandar (dat.)
  • segja - dizer (ac.) / conversar (dat.)
  • snúa - enrolar (ac.) / girar (dat.)
  • taka - pegar (ac.) / aceitar (dat.)
  • kenna - ensinar, culpar (dat. ou ac.) / sentir (gen.)

Esses são os verbos mais comuns da língua islandesa. Os demais verbos e, de uma forma geral, muitos verbetes do idioma islandês podem ser conferidos com clareza, com destaque para exemplos muito bem dados em digicoll.library.wisc.edu, o website da Universidade de Wisconsin.