Saltar para o conteúdo

Introdução à Atuária/Tábuas

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.

Neste apêndice são apresentadas tábuas de mortalidade, com uma rápida descrição sobre suas características, utilização, e endereços para maiores informações.

Grupos[editar | editar código-fonte]

Grupo AT

As United States Individual Annuity Mortality Table são tábuas de origem estadunidense, elaboradas pela The Society of Actuaries. São especialmente importantes no Brasil, devido ao fato de serem usadas pelos órgãos reguladores de previdência e seguros contra morte como parâmetro mínimos ou máximos de mortalidade[1], sendo, em parte em razão disso, tábuas de grande utilização.

  • Annuity Table 1949 (AT-49): Construída a partir de dados coletados entre os anos de 1941 e 1946. Está tábua trabalha com expectativa média de vida de 78 anos.
  • Annuity Table 1983 (AT-83): Atualização da AT-49 construída através de observações feitas entre os anos 1971 e 1976.
  • Annuity Table 2000 (AT-2000): Terceira tábua do grupo AT. Representa a expectativa de vida de uma população a partir de um estudo feito em 2000, considera que as pessoas vivem, em média, 84 anos.
GK's

As tábuas do grupo GK são elaboradas com base na experiência de seguradores suíços.

  • GKM-80 e GKM-95: Tábuas masculinas.
  • GKF-80 e GKF-95: Tábuas femininas.
CSOs

As Commissioner's Standard Ordinary Tables constituem um grupo de tábuas de mortalidade criadas a partir de dados das seguradoras dos Estados Unidos.

  • 1958 US Commissioner's Standard Ordinary Table (CSO-58): Construída com dados dos anos 1950 a 1954.
GAM

A The 1971 Group Annuity Mortality Table (GAM 71) é uma tábua elaborada pela Joint Actuarial Committee of the American Life Convention e pela The Life Insurance Association of America.

Tábuas Brasileiras

O IBGE divulgou em 2003 uma tábua elaborada com base na projeção da mortalidade a partir da tábua de três anos antes, sobre a qual foram incorporados os dados obtidos no Censo Demográfico de 2000 e as estimativas de mortalidade infantil sobre o registro de óbitos do triênio 1999-2001.

Está tábua é feita com base em toda a população brasileira e utilizada pelo Instituto Nacional de Seguridade Social no cálculo do fator previdenciário e pelo Ministério da Previdência Social como limite mínimo de taxa de sobrevivência para os Regimes Próprios de Previdência Social da união, dos estados e Distrito Federal e dos municípios.

Wiki-00[editar | editar código-fonte]

Wiki-00

Tábua fictícia apresentada neste livro para exemplificar conceitos e elaborar exercícios, a fim de facilitar a compreensão. Elabora com base em dados da tábua GKM-95.

Comparativo[editar | editar código-fonte]

Tabela comparativa entre as principais tábuas existentes: Tábuas Atuariais/Comparação entre tábuas

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Resolução CNSP nº 140, de 2005; Resolução CGPC nº 11, de 2002; Resolução CGPC nº 18 de 2006.