Wikilivros Discussão:Biblioteca/Ordem alfabética/LQT Archive 1

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Há alguma razão para este título? Eu pensei em colocá-la como subpágina da biblioteca, mas se houver algum motivo, ou até mesmo vontade pessoal, pode ficar assim. - Jorge Morais 18h54min de 22 de maio de 2009 (UTC)

Na verdade, a intenção foi ver como a <DynamicPageList> funcionava (e parece bem útil/interessante Smile.png), mas eu não queria criar como subpágina minha Tongue.png, aí nem pensei muito nesse detalhe... rsrs
Podemos colocar em "Wikibooks:Biblioteca/Ordem alfabética", ou tem um nome melhor? Helder 19h05min de 22 de maio de 2009 (UTC)
Estava pensando neste nome mesmo ("Wikibooks:Biblioteca/Ordem alfabética") porque assim podemos fazer também a "Wikibooks:Biblioteca/Estágio de desenvolvimento". - Jorge Morais 23h49min de 22 de maio de 2009 (UTC)
Está lendo pensamentos? Eu estava mesmo pensando em colocar também um "Wikibooks:Biblioteca/Estágio de desenvolvimento"! =D Daqui a pouco farei uns testes pra mostrar o que tenho em mente... Helder 15h33min de 25 de maio de 2009 (UTC)

Criação de Peixes Ornamentais[editar código-fonte]

Texto a negrito

Criação de Peixes Ornamentais[editar código-fonte]

Origem e História

Também chamado de Japonês e Peixe-dourado (goldfish), o Kinguio teve sua origem na China. Os primeiros registros sobre este peixe datam do período compreendido entre as dinastias Chun (265- 419 d.C.), quando foi descrita a coloração dourada pela primeira vez, e dinastia Tang (618-907 d.C.). São uma espécie domesticada da Carpa “Gibel”, de cor predominantemente verde-oliva, mas que pode apresentar outras cores e formas, porém em escala bastante reduzida.

Inicialmente as Carpas Gibel eram criadas nos monastérios budistas, que as colocavam nos chamados “Go” (tanques). Alguns séculos mais tarde, o imperador chinês Zhao Gou construiu vários jardins na cidade de Hang Zhou onde foram colocadas inúmeras carpas trazidas de todas as regiões da China. Isto possibilitou a ocorrência de diversos cruzamentos que originaram os primeiros Kinguios brancos e vermelhos, assim como algumas variações hoje conhecidas.

Foi na dinastia Ming, porém, que a criação dos Kinguios teve um grande desenvolvimento. Neste período, os peixes passaram a ser criados também dentro de casa, em “aquários” sem visão lateral, que permitiam que os peixes fossem vistos apenas por cima. A criação nestes “aquários” possibilitou a seleção e a sobrevivência de espécies que antes não tinham condições de sobreviver nos tanques. Originaram-se então os Kinguios que hoje conhecemos por Red Cap, Telescópio, Cauda-de-foguete, Cálico e Ovo (sem nadadeira dorsal), entre outros.