Iniciação à Pesquisa Científica em Saúde/ REPOSITÓRIO DE EXERCÍCIOS RESOLVIDOS/ Exercício 47: Hábitos alimentares

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

VOLTAR PARA A PÁGINA PRINCIPAL[editar | editar código-fonte]

Questão 47: Hábitos alimentares[editar | editar código-fonte]

A pesquisa mais recente realizada no Brasil sobre hábitos alimentares revela diminuição do consumo de carnes gordas, aumento do consumo dos refrigerantes e apenas 30% da população ingerindo a quantidade ideal de frutas, verduras e legumes. Preocupados com esse cenário, foi realizado um estudo sobre estado nutricional de adultos e seus determinantes na cidade de São Paulo. À partir de amostra de 1140 indivíduos entre 20 e 59 anos residentes na cidade os resultados foram sumariados no gráfico a seguir.

Habitos alimentares.png
Obesidade.jpg

Quanto à forma de apresentação gráfica da variável estado nutricional, é CORRETO afirmar que:

a)    A frequência absoluta de magros nesta cidade é 285 indivíduos.

b)    A variável, embora tenha natureza numérica, foi agrupada em faixas e assim os números exibidos correspondem à frequência relativa de ocorrência.

c)    Indivíduos com sobrepeso e obesos (47,5%), estão em sua maioria na faixa etária entre 20 a 59 anos.

d)    O gráfico de setor não foi corretamente empregado pois a soma das frequências absolutas não é 100.

Depois de responder a questão, justificar a resposta e fundamentar com referências bibliográficas citadas em seu texto, sugira outra forma de apresentação gráfica para esse conjunto de dados e apresente, explicando porque.

Resposta da questão:[editar | editar código-fonte]

Para entender melhor a questão a ser discutida abaixo, é importante ressaltar alguns conceitos:

Variável: é uma característica de interesse de elementos individuais de uma população ou amostra que será analisada (Indicadores definidos pelo observador, utilizados para se “medir” alguma característica da amostra); pode ser Quantitativas e Qualitativas. Na variável qualitativa, a descrição da característica de interesse resulta em valor não numérico (cor dos olhos, marca de cerveja, bairro mais populoso); Já na quantitativa, sua descrição resulta em valor numérico (idade, peso, IMC, número de alunos na turma).

Frequência: A frequência absoluta de um valor da variável é o número de vezes que esse valor foi observado. Já a frequência relativa de um valor da variável é o quociente entre a frequência absoluta do valor da variável e o número total de observações. A soma das frequências absolutas é igual ao número total de observações e a soma das frequências relativas é igual a um, ou no caso de se considerarem as frequências relativas em percentagem, essa soma é 100%.

RESPOSTA CORRETA: Letra B

Justificativa:

a) A frequência absoluta de magros nesta cidade é 285 indivíduos.

Essa afirmativa está incorreta, pois a frequência absoluta é o número total de magros e quando se faz o cálculo para passar de frequência relativa (apresentada no gráfico) para absoluta, encontramos um total de 28,5 magros. Além disso, esse número representa o total de magros presentes na amostra e não na cidade. Para saber o número de magros da cidade seria necessário saber como a amostra foi escolhida e levar em conta seu intervalo de confiança para fazer o devido cálculo de proporção.

Gráfico de barras que compara o percentual de determinado estado nutricional de uma amostra de 1140 indivíduos do Estado de São Paulo

b) A variável, embora tenha natureza numérica, foi agrupada em faixas e assim os números exibidos correspondem à frequência relativa de ocorrência.

Essa afirmativa está correta, pois a variável em questão é o INDICE DE MASSA CORPORAL dos adultos entre 20 a 59 anos da cidade de São Paulo. O peso, porém, foi classificado em intervalos pré-delimitados como Magreza, Eutrofia, Sobrepeso e Obesidade se tornando então uma variável qualitativa, deixando de ser expressa por números e virando categorias. Além disso, os números do gráfico são relativos ao percentual de pessoas em determinada categoria em relação ao espaço amostral inteiro, ou seja, a frequência relativa da categoria.

c)    Indivíduos com sobrepeso e obesos (47,5%), estão em sua maioria na faixa etária entre 20 a 59 anos.

A afirmativa está incorreta já que a pesquisa não leva em conta nem faz comparação com grupos de obesos e sobrepesos de outra faixa etária, não sendo possível portanto validar essa afirmativa a partir dos dados fornecidos.

d)    O gráfico de setor não foi corretamente empregado pois a soma das frequências absolutas não é 100.

O gráfico de setor realmente não foi corretamente empregado, mas não pela soma das frequências absolutas e sim relativas que deveria totalizar 100, já que é um cálculo de porcentagem. A afirmativa portanto está incorreta.

Uma outra forma de representação gráfica é o gráfico de barras (apresentado ao lado), representado ao lado, pois é o segundo indicado para variáveis qualitativas e leva em conta a frequência relativa.

Indexadores do tema deste exercício[editar | editar código-fonte]

Estatística descritiva

Apresentação de dados científicos sobre saúde

Preparação e análise de gráficos sobre dados de saúde

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

PINHEIRO, R.S.; TORRES, T.Z.G. Análise exploratória de dados. In: MEDRONHO, R.A. Epidemiologia. 2.ed. Atheneu, 2008.

Estatística básica e aplicada, InfoLabo. Disponível em: http://infolabo.com.br/stat2/Estatistica.pdf. Acesso em 20 de novembro de 2016.

VIEIRA, SONIA, 1942. Introdução a Bioestatística [recurso eletrônico). 4. ed. Elsevier, 2011.

http://www.ufpa.br/dicas/biome/biofreq.htm

VOLTAR À PAGINA PRINCIPAL[editar | editar código-fonte]