Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Principais arquivos de configuração do diretório /etc/Arquivo /etc/network/interfaces

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Arquivo /etc/network/interfaces[editar | editar código-fonte]

Este é o arquivo de configuração usado pelos programas ifup e ifdown, respectivamente para ativar e desativar as interfaces de rede.

O que estes utilitários fazem na realidade é carregar os utilitários ifconfig e route através dos argumentos passados do arquivo /etc/network/interfaces, permitindo que o usuário iniciante configure uma interface de rede com mais facilidade.

Abaixo um exemplo do arquivo interfaces é o seguinte:


     iface eth0 inet static
        address 192.168.1.1
        netmask 255.255.255.0
        network 192.168.1.0
        broadcast 192.168.1.255

As interfaces e roteamentos são configurados na ordem que aparecem neste arquivo. Cada configuração de interface inicia com a palavra chave iface. A próxima palavra é o nome da interface que deseja configurar (da mesma forma que é utilizada pelos comandos ifconfig e route). Você pode também usar IP aliases especificando eth0:0 mas tenha certeza que a interface real (eth0) é inicializada antes.

A próxima palavra especifica a familia de endereços da interface; Escolha inet para a rede TCP/IP, ipx para interfaces IPX e IPv6 para interfaces configuradas com o protocolo IPV6.

A palavra static especifica o método que a interface será configurada, neste caso é uma interface com endereço estático (fixo).

Outros métodos e seus parâmetros são especificados abaixo (traduzido da página do arquivo interfaces):

O método loopback
É usado para configurar a interface loopback (lo) IPv4.
O método static
É usado para configurar um endereço IPv4 fixo para a interface. As opções que podem ser usadas com o métodos static são as seguintes (opções marcadas com * no final são requeridas na configuração):
address endereço *
Endereço IP da Interface de rede (por exemplo, 192.168.1.1).
netmask máscara *
Máscara de rede da Interface de rede (por exemplo, 255.255.255.0).
broadcast endereço
Endereço de Broadcast da interface (por exemplo, 192.168.1.255).
network endereço
Endereço da rede (por exemplo, 192.168.0.0).
gateway endereço
Endereço do gateway padrão (por exemplo, 192.168.1.10). O gateway é o endereço do computador responsável por conectar o seu computador a outra rede. Use somente se for necessário em sua rede.
O método dhcp
Este método é usado para obter os parâmetros de configuração através de um servidor DHCP da rede através das ferramentas: dhclient, pump (somente Kernels 2.2.x) ou dpcpcp (somente kernels 2.0.x e 2.2.x)
hostname nome
Nome da estação de trabalho que será requisitado. (pump, dhcpcd)
leasehours leasttime
Lease time preferida em horas (pump)
leasetime leasetime
Lease time preferida em segundos (dhcpcd)
vendor vendedor
Identificador do vendedor (dhcpcd)
client identificação
Identificação do cliente (dhcpcd)

Exemplo:

     iface eth0 inet dhcp
      leasehours 6
      client estacao 10
O método bootp
Este método pode ser usado para obter um endereço via bootp:
bootfile arquivo
Diz ao servidor para utilizar arquivo como arquivo de inicialização
server endereço
Especifica o endereço do servidor bootp.
hwaddr endereço
Usa endereço como endereço de hardware no lugar do endereço original.

Algumas opções se aplicam a todas as interfaces e são as seguintes:

noauto
Não configura automaticamente a interface quando o ifup ou ifdown são executados com a opção -a (normalmente usada durante a inicialização ou desligamento do sistema).
pre-up comando
Executa o comando antes da inicialização da interface.
up comando
Executa o comando após a interface ser iniciada.
down comando
Executa o comando antes de desativar a interface.
pre-down comando
Executa o comando após desativar a interface.

Os comandos que são executados através das opções up, pre-up e down podem aparecer várias vezes na mesma interface, eles são executados na sequência que aparecem. Note que se um dos comandos falharem, nenhum dos outros será executado. Você pode ter certeza que os próximos comandos serão executados adicionando || true ao final da linha de comando.