Licitações e contratos públicos no Brasil/Licitações/Tipos: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
cat
(Nova página: Além da modalidade de licitação, os responsáveis pelo certame precisam escolher o tipo de licitação a ser utilizada. Segundo o TCU, o tipo de ...)
 
(cat)
Além da modalidade de licitação, os responsáveis pelo certame precisam escolher o tipo de licitação a ser utilizada.
 
Segundo o [[w:Tribunal de Contas da União|TCU]], o tipo de licitação teterminadetermina quais critériosdecritérios de julgamento a ser utilizado para classificar as propostas de preços.
 
Diferencia-se, portanto da modalidade pelo fato de esta determinar a metodologia (procedimentos) a ser utilizada para a condução do processo licitatório.
Segundo a legislação brasileira, os tipos de licitação são os seguintes:
 
*'''Menor preço''': Utilizado nas compras de bens e serviços de modo geral, seleciona a proposta de acordo com o seu preço, ou seja, a melhor propsotaproposta para a AdminsitraçãoAdministração Pública é aquela que, atendidas as regras do intrumentoinstrumento convocatório, ofertar o menor preço. ''Pode ser utilizada para aquisição de bens e serviços de informática exclusivamente da modalidade convite''.
 
*'''Melhor técnica''': Critério de seleção que considera fatores de ordem técnica, não importando o preço ofertado. Utilizada exclusivamente em serviços de natureza intelectual, tais como elaboração de projetos, cálculos, fiscalização, supervisão, consultoria e estudos técnicos, entre outros.
 
O TCU observa que '''melhor preço''' não corresponde a tipo de licitação, mas sim é uma terminologia utilizada para definir '''menor preço''', conjugado à durabilidade, qualidade, funcionalidade e outros fatores de ordem técnica.
 
[[Categoria:Licitações e contratos públicos no Brasil|L]]
11 788

edições

Menu de navegação