De Objective Caml para C e C++/Construção de tipos: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
for (int i = 0; i < 4; ++i)
notas[i] = 0.0f;
Objective Caml possui uma função que, aplicada a um arranjo, retorna o número de posições do arranjo. Isso não existe nem C nem em C++ (C++ tem uma outra implementação de arranjo, chamada <tt>vector</tt> que tem essa funcionalidade; será apresentada mais adiante). Objective Caml possui também mecanismos para verificar que o acesso aos arranjos é realizado dentro dos limites. C e C++ não oferecem esses mecanismos, e podemos perfeitamente escrever o seguinte programa:
#include <cstdio>
int main ()
{
int arranjo[2] = {1, 2};
arranjo[2] = 3;
printf("arranjo[0] = %i, arranjo[1] = %i, arranjo[2] = %i\n", arranjo[0], arranjo[1], arranjo[2]);
}
Observe que a função <tt>main</tt> inclui a definição de uma variável <tt>arranjo</tt>, com duas posições armazenando valores do tipo <tt>int</tt>. As posições válidas portanto são <math>0</math> e <math>1</math>. O programa realiza um acesso em escrita na posição <math>2</math>, portanto fora dos limites e também um acesso em leitura. Utilizando g++ versão 4.0.1, esse programa é compilado sem erro (nem aviso). Ele pode até ser executado! E funciona! Olhe:
daviddeharbe $ g++ -Wall prog.cpp -o prog
daviddeharbe $ ./prog
arranjo[0] = 1, arranjo[1] = 2, arranjo[2] = 3
Então o programa está correto? Claro que não. Nessa oportunidade ele executou normalmente, mas pode ser que em alguma outra plataforma, tenha um erro em tempo de execução. Nesse exemplo, é bastante fácil detectar esse erro lendo o código, mas em programas mais extensos essa tarefa de verificação por leitura é muito mais difícil.
 
Esse pequeno programa ilustra uma diferença de filosofia entre as linguagens C e C++ de um lado, e a linguagem Objective Caml do outro. As primeiras privilegiam o desempenho em tempo de execução, mas não oferecem suporte para verificações elementares, criando grandes riscos do que erros passam despercebidos durante muito tempo até eles causarem problemas. Objective Caml, do outro lado, é muito mais rigorosa, e aplica um maior número de regras, tanto em tempo de compilação, quanto em tempo de execução. A implementação em Objective Caml de um dado algoritmo, será mais lenta que a implementação em C ou em C++, mas em compensação, oferecerá muito mais garantias de correção e de segurança.
 
====Arranjos como parâmetros de funções====
187

edições

Menu de navegação