Civilizações da Antiguidade/As primeiras civilizações: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rejeitou as últimas 2 alterações do texto (de 189.68.161.150 e 177.190.72.6) e reverteu para a edição 290400 de Defender
Sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Rejeitou as últimas 2 alterações do texto (de 189.68.161.150 e 177.190.72.6) e reverteu para a edição 290400 de Defender)
Nos períodos Paleolítico e Neolítico certamente o homem construía seus abrigos, suas casas, mas ao que se sabe, nada de parecido com uma cidade.
 
As primeiras cidades tal como as conhecemos surgiram no Oriente médio e podemos dizer que a primeira delas foi Uruk, por volta de 4500 e 3750 a.C. na região chamada Mesopotâmia. Hoje essa cidade é Warka-Biw e fica no Iraque.
 
Portanto podemos chamar a primeira civilização conhecida de Suméria e localizá-la no sul da Mesopotâmia, atual Iraque.
Assim como na Suméria, na Assíria, na Babilônia e no Egito que serão focalizados em outros módulos, esses povos viveram em cidades, das quais sobraram ruínas para contar sua história.
 
Uma cidade surpreendente e que talvez seja um exemplo único é Amarna, no Egito. Construída pelo faraó Akhenaton, que rompeu com a religião formal do seu país, a cidade ficou totalmente ocupada por menos de vinte anos, talvez. O grande interesse na cidade de Amarna é o fato de que não houve construções gigantescas em pedra, como nas outras cidades e também nada foi construído sobre o que existia.
 
Praticamente era tudo construído em tijolos de barro que não resistiram ao tempo, mas deixaram um testemunho da vida das pessoas comuns no Egito da época.
 
Akhenaton,Foi famoso na época por dar seu ultimo grito antes da morte:
 
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
[[Image:Abu Mena, Egipto.JPG|thumb|300px|right| ruínas de Abu Mena, Egito]]
 
131

edições

Menu de navegação