Português/Classificação das palavras/Substantivos: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
No português, como em qualquer outro idioma, existem palavras para nomear um '''ser ou um objeto''', uma '''ação''', '''qualidade ou estado''', considerados separados dos '''seres ou objetos''' a que pertencem. Essas palavras que nomeiam seres formam a maior classe morfológica da língua portuguesa, os '''substantivos'''.
 
Qualquer palavra pode ser substantivada, bastando precedê-la de um [[Português/Classificação das palavras/Artigos|artigo]]. Artigos([[Português/Função sempredas precedempalavras|determinantes]]). substantivos, mas nemDeterminantes sempre o substantivo éprecedem precedido de um numeral ou acompanhado de pronome e adjetivosubstantivos. ''Exemplo: "O não é uma palavra dura"'' (''não'' é advérbio, mas por neste caso possuir função de sujeito torna-se substantivo).
 
O substantivo ainda atua como [[Português/Análise sintática/Núcleo|núcleo do sujeito]], do [[Português/Termos integrantes/Complemento Verbal/Objeto direto|objeto direto]], do [[Português/Termos integrantes/Complemento Verbal/Objeto indireto|objeto indireto]] e do [[Português/Termos integrantes/Agente da passiva|agente da passiva]]. Qualquer outra palavra de diferente classe gramatical que desempenhe uma dessas funções na oração equivaleráequivaler-se-á forçosamente a um substantivo.<ref>Ferreira, Celso, ''Gramática da Língua Portuguesa'', pag. 187</ref>
 
===Flexões===
5 327

edições

Menu de navegação