Santos católicos/Biografias: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
1 036 bytes adicionados ,  2 de dezembro de 2010
Adicionei informações sobre Santa Catarina.
[edição não verificada][edição não verificada]
(Corrigi erro.)
(Adicionei informações sobre Santa Catarina.)
NOSSA SENHORA ROSA MÍSTICA: se refere às diversas aparições de Nossa Senhora que ocorreram ao longo do século XX, em diversas partes do mundo, nas quais Nossa Senhora se apresentava com três rosas no peito: uma branca, simbolizando a oração; uma amarela, simbolizando a penitência; e uma vermelha, simbolizando o sacrifício. Nas aparições, Nossa Senhora pregava a oração em prol das vocações religiosas.
[[File:Rosa Mística.jpg|center|200px|thumb|Nossa Senhora Rosa Mística, em pintura de Francesc Laporta Valor]]
SANTA CATARINA: nasceu em Alexandria, no Egito. Aos dezoito anos de idade, teria tido uma visão mística em que se casava com Jesus no Céu, o que a motivou a converter-se ao Cristianismo. O imperador romano Maximino Daia propôs-lhe casamento mas, diante da recusa de Catarina, o imperador convocou cinquenta filósofos para refutar a doutrina cristã de Catarina. Catarina conseguiu, no entanto, converter ao Cristianismo os cinquenta filósofos. O imperador então determinou que Catarina fosse torturada sob uma roda de ferro pontiaguda, porém ela, miraculosamente, não sofreu dano algum. Catarina foi então decapitada e, segundo a lenda, de seu pescoço não teria brotado sangue, mas leite. Anjos teriam transportado seu corpo até o monte Sinai, onde mais tarde foi construído um mosteiro em sua memória<ref>ALVES, J. ''Os santos de cada dia''. São Paulo: Edições Paulinas, 1990. pp. 664-665</ref>.
[[File:Catherine alexandria alg164536 hi.jpg|center|250px|thumb|Catarina de Alexandria em pintura do século dezesseis]]
SANTA EDWIGES: nasceu em Andechs, na Baviera, na Alemanha, em 1174. De origem nobre, usava sua riqueza para ajudar os pobres. Costumava pagar as dívidas das pessoas que haviam sido presas por dívidas contraídas e não pagas. Por este motivo, é considerada a santa padroeira dos pobres e endividados. Foi canonizada em 1267. Por haver construído muitas igrejas, hospitais, escolas e conventos, costuma ser representada com uma construção nas mãos.
[[File:Passau Niedernburg Hl Hedwig.jpg|center|200px|thumb|Estátua de Santa Edwiges em Passau, na Alemanha]]
2 529

edições

Menu de navegação