Mate/História: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
107 bytes adicionados ,  20h23min de 5 de junho de 2009
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
Provavelmente os antigos incas também conheciam a bebida, pois o termo "mate" tem origem no termo homônimo quíchua (a língua dos antigos incas) que significa "cuia, recipiente".
 
[[File:Peru Machu Picchu Sunrise.jpg|center|200px|thumb|Ruínas da cidade inca de Machu Picchu, no Peru]]
 
Os colonos espanhóis no Paraguai aprovaram a bebida e passaram a utilizá-la como ingrediente básico da sua dieta alimentar. Os jesuítas espanhóis, que organizaram grandes aldeamentos de índios catequizados (as chamadas missões ou reduções), organizaram o cultivo e a produção da erva-mate e passaram a abastecer os colonos espanhóis em toda a bacia platina (Argentina, Paraguai, Uruguai e Rio Grande do Sul), conseguindo grandes lucros com o comércio da planta.
Utilizador anónimo

Menu de navegação