Ayrton Senna/Lista de trabalhos acadêmicos sobre Ayrton Senna

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Ayrton Senna
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ayrton Senna em Mônaco em 1992

Ao longo dos anos, o piloto tricampeão mundial passou a ser tema de teses acadêmicas e/ou ensaios nas universidades brasileiras. A seguir, uma lista com alguns desses estudos.

Tema principal[editar | editar código-fonte]

  • Rodrigo França - (2006) - Mestrado em jornalismo na Universidade de São Paulo sobre a relação de Senna com a mídia.[3] Estudo esse que gerou um livro intitulado; "Ayrton Senna e a Mídia Esportiva", lançado em 2010.
  • Simone Lage Mendonça Ribeiro - (2006) - Monografia apresentada para conclusão do curso de jornalismo no Centro Universitário de Brasília na Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas sob o título; "Ayrton Senna Herói Nacional: A contribuição do piloto e da imprensa na construção de sua imagem".[4]

Citação em outros estudos[editar | editar código-fonte]

  • Olgária Chain Féres Matos - (1994) - Ensaio publicado na USP sob o título; "Construção e desaparecimento do herói: uma questão de identidade nacional" o qual "procura compreender a emergência e a desconstrução do herói e do heroísmo no horizonte da morte, segundo o mito da invulnerabilidade e da fantasia do renascimento que vence a brevidade da vida".[5]

Referências

  1. Efeito Tamburello: um estudo antropológico sobre as imagens de/em Ayrton Senna. UFSC. repositorio.ufsc.br. Página visitada em 8/11/2017.
  2. Ayrton Senna: a construção da narrativa da história do piloto como ídolo do automobilismo mundial. UERJ. e-publicacoes_teste.uerj.br. Página visitada em 9/10/2017.
  3. Ayrton Senna é tema de mestrado na USP. F1 Mania. f1mania.lance.com.br (1 de maio de 2006). Página visitada em 9/10/2017.
  4. Ayrton Senna Herói Nacional: A contribuição do piloto e da imprensa na construção de sua imagem. UniCEUB. repositorio.uniceub.br. Página visitada em 11/10/2017.
  5. Construção e desaparecimento do herói: uma questão de identidade nacional. USP. journals.usp.br. Página visitada em 28/10/2017.