Português/Análise sintática/Oração

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

A oração é a sentença em que a sintexe é completa ou quase completa.

Na oração, as palavras relacionam-se como partes de um conjunto harmônico: são seus termos (ou unidades sintáticas); cada um desses termos desempenha uma função sintática.

O núcleo da oração é o verbo ou a locução verbal (podendo estar expressos ou ocultos). O número de verbos e locuções verbais da frase, representa o número de orações, ou seja, se uma frase possui um verbo, tem uma oração, se tem dois verbos, tem duas orações, se tem três verbos, tem três orações, e assim por diante. Um conjunto de orações semelhantes denomina-se período. Abaixo, veja a quantidade de orações de cada frase, de acordo com a quantidade de verbos e locuções verbais:

Subiu de novo o preço da gasolina. - frase com um verbo (uma oração)
O hospital exigia que houvesse silêncio. - frase com dois verbos (duas orações)
Nós notamos que ele havia desaparecido. - frase com um verbo e uma locução verbal (duas orações)
Antes de morar no exterior, terá de aprender outro idioma. - frase com três verbos (três orações)
Note que todos pareciam confusos e estavam perplexos depois de ocorridos os acontecimentos. - frase com quatro verbos (quatro orações)

Termos da oração[editar | editar código-fonte]

A sintaxe da oração é dividida em termos:

Observações: Logo, por não haver termos essenciais em certas sentenças, elas não denominam-se orações - são frases nominais - tais como:
  • Alô?
  • Que rapaz inteligente!

Perceba que, em um período composto, aquele que possui mais de uma oração, cada oração possui seus termos essenciais, integrantes e acessórios. Exemplo:

Nós notamos que ele havia desaparecido.
  • 1ª oração: nós notamos
sujeito: nós
predicado: notamos
  • 2ª oração: que ele havia desaparecido.
sujeito: ele
predicado: que/havia aparecido

Classificação[editar | editar código-fonte]

As orações são classificadas de acordo com a função delas na frase, bem como os períodos:

  • Período simples: a oração possui estrutura sintática completa e é chamada de absoluta por ser uma oração independente;
  • Período composto por coordenação: as orações deste período podem possuir estrutura sintática completa ou quase completa e servem para sequênciar os fatos atráves de uma função;
  • Período composto por subordinação: as orações deste período possuem uma estrutura sintática quase completa, e quando juntas, se completam;
  • Período misto: é formado tanto por coordenação quanto subordinação.

Coordenanação[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app xmag.png Ver módulo principal: Oração Coordenada

As orações que exprimem coordenação são as orações coordenadas. Elas formam o período composto por coordenação e podem formar o período misto. São conectadas às demais orações por conjunções coordenativas, expressas ou não.

Subordinação[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app xmag.png Ver módulos principais: Orações principais, Orações subordinadas e Orações reduzidas
Em um período composto por subordinação, há essencialmente duas orações: uma principal e outra subordinada. A oração subordinada completa o sentido da principal.

Elas se conectam por conjunções subordinativas (que podem ser pronomes relativos), expressas ou não.

Em algumas orações subordinadas, o núcleo destas orações (o verbo, como já vimos antes) é transmutado a partir de outra palavra (substantivo, adjetivo ou advérbio) que obrigatoriamente é o núcleo de outro termo. Ou seja, se transforma o núcleo de um termo qualquer (do qual partirá a função desta oração) em núcleo de oração. Este método será utilizado por nós para explicarmos estas orações.

Além disso, também existem as orações reduzidas. Elas são formadas quando o verbo é transformado em uma locução.