Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Comandos diversos/shutdown

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

shutdown[editar | editar código-fonte]

Desliga/reinicia o computador imediatamente ou após determinado tempo (programável) de forma segura. Todos os usuários do sistema são avisados que o computador será desligado . Este comando somente pode ser executado pelo usuário root ou quando é usada a opção -a pelos usuários cadastrados no arquivo /etc/shutdown.allow que estejam logados no console virtual do sistema.

shutdown [opções] [hora] [mensagem]

hora
Momento que o computador será desligado. Você pode usar HH:MM para definir a hora e minuto, MM para definir minutos, SS para definir após quantos segundos, ou now para imediatamente (equivalente a 0).

O shutdown criará o arquivo /etc/nologin para não permitir que novos usuários façam login no sistema (com excessão do root). Este arquivo é removido caso a execução do shutdown seja cancelada (opção -c) ou após o sistema ser reiniciado.

mensagem
Mensagem que será mostrada a todos os usuários alertando sobre o reinicio/desligamento do sistema.
opções
-h
Inicia o processo para desligamento do computador.
-r
Reinicia o sistema
-c
Cancela a execução do shutdown. Você pode acrescentar uma mensagem avisando aos usuários sobre o fato.
-a
Permite que os nomes de usuários contidos no arquivo /etc/shutdown.allow possam utilizar o shutdown para reinicializar/desligar o sistema. Deve ser colocado um nome de usuário por linha. O limite máximo de usuários neste arquivo é de 32.

Este arquivo é útil quando o shutdown é usado para controlar o pressionamento das teclas CTRL ALT DEL no /etc/inittab.

-k
Simula o desligamento/reinicio do sistema, enviando mensagem aos usuários.
-f
Não executa a checagem do sistema de arquivos durante a inicialização do sistema. Este processo é feito gravando-se um arquivo /fastboot que é interpretado pelos scripts responsáveis pela execução do fsck durante a inicialização do sistema.
-F
Força a checagem do sistema de arquivos durante a inicialização. É gravado um arquivo chamado /forcefsck que é interpretado pelos scripts responsáveis pela execução do fsck durante a inicialização do sistema.
-n
Faz com que o shutdown ignore a execução do init fechando todos os processos.
-t [num]
Faz com que o shutdown envie um sinal de término aos processos e aguarde [num] segundos antes de enviar o sinal KILL.

O shutdown envia uma mensagem a todos os usuários do sistema alertando sobre o desligamento durante os 15 minutos restantes e assim permite que finalizem suas tarefas. Após isto, o shutdown muda o ní­vel de execução através do comando init para 0 (desligamento), 1 (modo monousuário), 6 (reinicialização). É recomendado utilizar o sí­mbolo "&" no final da linha de comando para que o shutdown seja executado em segundo plano.

Quando restarem apenas 5 minutos para o reinicio/desligamento do sistema, o programa login será desativado, impedindo a entrada de novos usuários no sistema.

O programa shutdown pode ser chamado pelo init através do pressionamento da combinação das teclas de reinicialização CTRL ALT DEL alterando-se o arquivo /etc/inittab. Isto permite que somente os usuários autorizados (ou o root) possam reinicializar o sistema.

Exemplos:

  • "shutdown -h now" - Desligar o computador imediatamente.
  • "shutdown -r now" - Reinicia o computador imediatamente.
  • "shutdown 19:00 A manutenção do servidor será iniciada í s 19:00" - Faz o computador entrar em modo monousuário (init 1) as 19:00 enviando a mensagem A manutenção do servidor será iniciada í s 19:00 a todos os usuários conectados ao sistema.
  • "shutdown -r 15:00 O sistema será reiniciado as 15:00 horas" - Faz o computador ser reiniciado (init 6) as 15:00 horas enviando a mensagem O sistema será reiniciado as 15:00 horas a todos os usuários conectados ao sistema.
  • shutdown -r 20 - Faz o sistema ser reiniciado após 20 minutos.
  • shutdown -c - Cancela a execução do shutdown.
  • shutdown -t 30 -r 20 - Reinicia o sistema após 20 minutos, espera 30 segundos após o sinal de término para enviar o sinal KILL a todos os programas abertos.